segunda-feira, 2 de março de 2015

Um cheirinho bom

Esta tarde, ao chegar ao pé da porta de casa, cheirava tão bem que por pouco idealizei que alguém tinha vindo à nossa casa cozinhar para nós. Teria sido a Nina? Frações de segundo bastaram, no entanto, para desfazer a ilusão. Eu sabia que não era dia da Nina vir, e, sinceramente, mesmo quando ela vem eu não costumo notar o cheiro antes de entrar em casa (se calhar porque nós lhe dizemos, desde o início, para cozinhar com as portas da cozinha fechadas!).

O cheiro vinha da casa dos vizinhos do lado. Já não é a primeira que o cheiro dos cozinhados da "Nina" deles me agrada... Hummm!

Sem comentários:

Enviar um comentário

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!