terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Boa noite...

... e até para o ano! :-)

Excelentes entradas em 2014 para todos.

Se calhar já vos contei isto...

... mas, se tivesse mais filhos rapazes, tinha dois nomes à escolha para usar aqui no blogue: "Tapete Voador", ou "Tapete", e "Caldeirão", ou "Cal".

Mas, se tivesse uma menina, não sabia, até hoje, que nome blogosférico lhe dar. Hoje ocorreu-me: "Poção Mágica", ou "Poção", e "Palavra Mágica", ou "Palavra".

Em alternativa, poderiam ser simplesmente "Bruxinha" / "Bruxinho", ou "Gatinha" / "Gatinho"...

Isto não tem qualquer importância, pois a família não está em vias de aumentar. Mas o futuro a Deus pertence...

Feitiço dixit

Ontem, ao chegar da escola, o Feitiço disse, muito animado:
- Mamã, vou à festa do fim do ano! [tal e qual: fim do ano]
Eu: Qual festa?
Feitiço: A minha festa do fim do ano. Vai ser muito longe e muito divertida.
Eu: Mas quem é que falou numa festa de fim de ano?
Feitiço: Foi a C. (auxiliar da sala).
Eu, para mim própria: Mas o que é que a C. esteve para lá a dizer?
Eu: Olha, Feitiço, o ano só acaba amanhã e por isso as festas de fim de ano só são amanhã...
Feitiço: Não! A minha festa do fim do ano é hoje.
Eu: Mas tu não podes ir uma festa sozinho...
Feitiço: Tens de ir comigo?
Eu: Nós não vamos a nenhuma festa de fim de ano...
[Já não me lembro como é que consegui mudar de assunto...]

******************

Hoje, estava um pão com queijo num prato, para o Feitiço comer depois da papa, sendo que o que ele não comesse seria para o meu pequeno-almoço. Eu disse-lhe para comer o que quisesse e a seguir chamar-me. Como ele nunca mais me chamava, voltei à cozinha, para o encontrar a "brincar" com o pão.
Eu: O pão não é para brincar. Se não o queres comer, não lhe mexas.
Feitiço: Eu quero comer!
Eu: Então come!
Feitiço dá uma dentada no pão. E volta a "engonhar".
Eu: Tu queres brincar com o pão e depois eu é que tenho de comer o pão duro, não é?
Feitiço, intrigado: Qual é o pão do Noé?

:-)

Já me cheira...

... a ano novo!

É tão bom pensar que ainda não desperdicei tempo nenhum no ano que está à porta (tenho desperdiçado muito tempo nestes últimos dias e isso pesa-me na consciência... - e a seguir desperdiço mais algum tempo; é uma bola de neve de tempo desperdiçado).

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Tetris e estômago...

Ontem, no fim do almoço de Natal em casa da minha irmã mais velha, olhei para o sempre fantástico bolo-rainha que lá estava e comentei:

- Queria comer bolo-rainha, mas primeiro preciso que o meu estômago arrume as "peças" como no Tetris...

P.S. - Para jogar Tetris, ir a http://www.brincar.pt/tetris-1.htm.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Formas verbais by Feitiço

Algumas destas formas verbais by Feitiço já devem ter sido apresentadas no blogue, mas não vou procurar para eliminar as repetidas (até porque pode haver sempre um@ ou outr@ leitor@ nov@).

trazi (trouxe)
dizi (disse)
pôste (puseste)
trazeu ([ele/ela] trouxe)
apendi (aprendi)

Infelizmente não registei na altura em que as ouvi (são tantas!) e agora só me lembro destas... Sniff, sniff! [isto sou eu a pseudo-chorar e não a snifar nada, OK?]

domingo, 22 de dezembro de 2013

Flash mob português

Sabem aqueles vídeos muito giros em que no meio de um local público começa um concerto, de voz apenas, ou instrumental?

Eu costumo gostar muito de os ver, mas este tem um gostinho especial, pois foi realizado em Portugal (no aeroporto de Lisboa) pelo Coro do Teatro Nacional de São Carlos. Cliquem e vejam com os vossos próprios olhos...

Elas e ele

O Feitiço sai do bacio. As irmãs, como muitas outras vezes, estão por ali... e comentam o que está à vista.

Varinha: Ahahah! Eu vi a pilinha e o rabo do Feitiço!
Vassoura: Os rapazes são tão esquisitos...

Boas festas

Desejo a tod@s que visitam este cantinho da blogosfera um Santo e Feliz Natal. Pensei ilustrar este post com um presépio (mais apropriado), mas optei por utilizar esta fotografia de uma árvore de Natal made by Feitiço...

Com ajuda intergalática...
obrigada, Alienus!

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Mensagem nº 500

Para mim esta já é a nº 501 (contando um rascunho que anda enguiçado há meses), mas publicada é realmente a nº 500. Nice!

Feitiço fora de serviço

Rima, e infelizmente é verdade. O Feitiço está com uma otite. :-(

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Bodas de Prata P&M

Ontem à noite fomos os cinco às Bodas de Prata de um casal amigo (no meu caso, de há 24 anos). Adorei! (Quando conseguir tempo, explico a razão de ter adorado!)

domingo, 8 de dezembro de 2013

Anos de casados

Hoje a Bruxa Mimi e o Gato Rogério fazem anos de casados. Forma de festejar: passar o dia mal-disposta (não é nada do que algumas de vós já estão a imaginar, trust me), tentando dormir (sem conseguir nada de jeito)...

Também os queridos Bruxos, meus pais, e os queridos Gatos, pais do Rogério, fazem anos de casados.

Se quiserem comentar, já sabem que gosto de vos ler (mesmo estando ausente na escrita)!

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

:-(

Entre abrir nova mensagem e começar realmente a escrever o post, passou tempo suficiente para... não me lembrar do que ia escrever! Sei que era algo que a Varinha disse, mas o quê, não sei.

Prometo que, se me lembrar, escreverei... (mas não garanto que me lembre!)

Famosas

Passei, na rua, pela apresentadora de televisão Tânia Ribas de Oliveira. Reconheci-a facilmente e sem sombra de dúvida, pois desta vez (creio que foi a segunda) ela não estava com óculos escuros.

A parte mais interessante, no entanto, foi eu perceber nitidamente* que ela olhava para mim como quem me reconhecia... Mas não, Tânia, não podes revelar a minha identidade (ou seja, quem é a Bruxa Mimi) ao teu (nosso*) público!

*estou a brincar (só nesta parte)

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Nem tudo está perdido!

Esta manhã, a Varinha saiu de casa levando uma luva em cada bolso do casaco. Ao chegar à escola (vai, juntamente com os irmãos, numa carrinha de transporte especializado), deu conta que lhe faltava uma.

O senhor da carrinha procurou a luva no percurso entre a carrinha e o edifício da escola, e também dentro da carrinha. Não encontrou a luva. Como em casa não estava, pensei que a luva "já era".

Felizmente, o Rogério foi mais proativo do que eu. Quando os três já estavam na cama, saiu de casa e foi procurar a luva no caminho entre a nossa casa e o sítio onde estava estacionada a carrinha esta manhã. E não é que a encontrou, pousada em cima de um caixote do lixo, junto ao poste?

Escrevi um agradecimento anónimo à pessoa anónima que apanhou a luva do chão e a poupou de ser espezinhada e transformada em lixo e coloquei-o, preso com fita-cola, no sítio onde a luva fora deixada. Espero sinceramente que a dita pessoa passe amanhã (ou enquanto o papel lá estiver) e saiba que o seu gesto não passou despercebido.

Obrigada, pessoa anónima! A Varinha e eu agradecemos (quer dizer, a Varinha só poderá agradecer amanhã, quando souber do sucedido - obviamente que não a fui acordar para dizer que a luva fora encontrada!)...

Varinha dixit

"calheres" (em vez de talheres)

"molusco cor-de-rosa" (em vez de molusco contagioso - coisa horrível que a Vassoura tem na pele...)

domingo, 24 de novembro de 2013

A asneira do dia #1

Ao almoço.

Feitiço, com o prato pousado em cima do babete (como sempre), vira-se para o lado, deixando o prato num equilíbrio muito precário. A mãe, quando dá conta, sem se conter, grita:
- Feitiiiiço!
Resultado: o Feitiço vira-se para a frente, mas num movimento brusco, que resultou na queda do prato e todo o seu conteúdo (arroz e bocados de filete).

Pontos positivos: não era um prato de sopa e o prato não se partiu.

Se voltasse atrás no tempo, é óbvio que não teria gritado, mas sim aproximado do Feitiço e endireitado o rapaz - depois de colocar o prato a salvo.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Parabéns à Vassoura!

A Vassoura faz hoje 7 anos. Nasceu exatamente às 20 horas, mas distraí-me e não escrevi a tempo de publicar a essa hora...

O bolo que fiz ontem ficou assim:



Para quem não tinha vontadinha nenhuma de fazer o bolo, não me saí mal, pois não?

[A receita do bolo, fora a decoração, encontra-se aqui. Para a decoração, usei 12 KitKats, cortados com uma faca imediatamente a seguir ao fim do nome que está em relevo, uma fita de embrulhar de 19 mm de largura (fui eu que fiz o lacinho), 9 tubos de Pintarolas e um pacote inteiro (12 caixinhas) de mini-Smarties. Uma nota para os mais distraídos: se fizerem esta decoração, esperem que o bolo esteja frio, ou o chocolate derrete! Eu só esperei porque me lembraram disto antes de fazer o bolo... :-)]

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Tenho de ir

... fazer um bolo. E sabem que mais? Não me apetece mesmo nada!!!

Mas, pronto... é por uma boa e feliz razão: amanhã a Vassoura faz sete anos!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Ainda era de dia

... quando hoje saí da escola - coisa que não acontecia há algum tempo (desde que fui com o Feitiço à pediatra e há muito, muito tempo, se excluir esse dia) e soube-me bem!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

O relatório do exame ao coração

... perdido lá apareceu e foi-me entregue apenas com um mês de atraso... E revelava que estava tudo bem.

Um senão: ainda não marquei a consulta com a médica de família para lhe mostrar esse e outros exames!...

Nem tudo o que parece é...

O Feitiço estava no bacio. Enquanto isso, eu ajeitei as minhas calças, fazendo um movimento com as pernas/traseiro para os lados (para as calças assentarem melhor - um vício que já vem de longe).

Feitiço: Por que é que dançaste?
Eu: Eu não dancei, Feitiço!
Feitiço: Dançaste, dançaste - fizeste a dança do xixi!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Pé, mão, boca

No dia em que isto se passou, levei o Feitiço à médica porque estava cheio de manchas/borbulhas vermelhas, na sola dos pés, desde essa manhã. Diagnóstico: "doença do pé, mão, boca".

O aspeto é mau, dá (alguma) comichão, causa (algum) desconforto e é contagioso, mas de resto... é só deixar passar. Não há nada a fazer.

Já tinham ouvido falar?

Não sei porquê...

... mas sinto-me culpada por uma loja perto de minha casa ir fechar. É uma loja onde em tempos comprei muita coisa, mas que não visito há muitos meses. Nunca lá vejo clientes, e agora está com "liquidação total - tudo a 50%". Eu até tenho vontade de lá ir e aproveitar o desconto, se houver alguma coisa que me interesse, mas até me parece mal, por ter deixado, na prática, de ser cliente.

Se vocês fossem os donos da loja (quem lá está é quase sempre a filha), como reagiriam se de repente uma antiga boa cliente, que lá não punha os pés há longos meses, apesar de morar perto e de passar quase todos os dias pela porta da loja, aparecesse? Seria bem-vinda, como qualquer outro cliente desconhecido? Ou seria considerada um "abutre"?

sábado, 16 de novembro de 2013

Receitas

Fui com o Feitiço à pediatra na 2ª feira à tarde. A médica falou num creme para pôr numa ferida que ele tinha no nariz, mas acabei por sair do consultório sem a receita do dito. 

A meio do caminho (a pé) para casa, telefonaram-me por causa da receita. Dei meia volta, e o Feitiço reagiu logo:

Feitiço: Não é p'r'aí!
Eu: É, porque temos de ir buscar a receita.
Feitiço: Para fazer um bolo?

:-)

domingo, 10 de novembro de 2013

Conversa antes de ir para a cama

Varinha: Quem é a mais velha da sala do Feitiço?
Vassoura: É a JT.
Rogério: Pensava que era o Feitiço!
Eu: A JT é a mais velha. O Feitiço é o mais velho.
Feitiço, ofendido: Eu não sou velho!

*****
Segundo o Rogério, que estava mais perto do Feitiço (eu não estava na mesma divisão), o que ele disse foi: "Eu sou velho!", orgulhoso, como quem diz que é o mais velho, o mais importante dos miúdos todos da sala!

Dar a volta

Vi este vídeo no facebook (ainda lá vou de vez em quando...) e achei que merecia - e muito - ser divulgado também aqui (apesar de pouca gente visitar o blogue, os que visitam merecem o melhor!).



Obrigada, amiga C., pela partilha!

sábado, 9 de novembro de 2013

Palavras à moda deles #11

[Bandolete]

Varinha dixit: bambolete.

Feitiço dixit: bandeleite.

Sonhos #21

Este sonho merecia mesmo uma etiqueta própria: "Pesadelos".

Sonhei que uma pessoa próxima se suicidava, atirando-se de uma janela. E eu pressentia o que ia acontecer, ia atrás para tentar evitar, gritando: "Não! [nome], NÃO!", mas não conseguia impedir e testemunhava a queda (lembro-me inclusive de fazer uma oração rápida durante a mesma) e o estatelar-se no passeio. Foi horrível.

Acordei logo, com o coração aos saltos e uma necessidade de falar com a pessoa em questão e certificar-me (tanto quanto possível) que está bem.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Greve

Ainda não sei se faço ou não.

Apetecia-me fazer greve, pois aproveitava para fazer muitas coisas (digo eu, mas depois as horas fugiam-me, que já me conheço, e o aproveitamento era nulo ou quase nulo), leia-se: muitas coisas de trabalho, ideias que não consigo concretizar por falta de tempo, mas que acho que são mesmo "o que faz falta aos meus alunos"... Além disso, dói-me a cabeça (deveria estar a dormir e não ao computador) e estou cansada.

Por outro lado, apesar de haver tantos dias em que parece que o rendimento dos alunos é zero, a ideia de eles perderem um dia de trabalho parece-me gravíssima. É uma idiotice isto, mas não consigo evitar pensar que não posso desperdiçar um segundo. No entanto, os meus queridos alunos (que são mesmo queridos), de 6 anos, não parecem ter a mesma preocupação. Se tivessem, estariam bastante mais calados e atentos, para aprenderem mais e mais depressa...

sábado, 2 de novembro de 2013

Acerca do dia de ontem...

- Pela primeira vez, estive na escola a trabalhar no dia 1 de novembro (a trabalhar tenho certeza que já estivera noutros anos... mas não na escola)

- Mimi & Rogério: um par há 9 anos! :-)

- A 2 amigas com nomes começados por M: Muitos parabéns (atrasados)!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Distração, desinteresse ou falta de respeito?

Como professora, tenho semanalmente meia hora de atendimento aos encarregados de educação. Como tod@s @s colegas de profissão que conheço, atendo os pais muitas vezes fora dessa hora, quando lhes é impossível ou muito complicado ir à escola à hora "oficial".

Na 6ª feira passada, agendei com uma mãe uma reunião para a tarde de hoje, uma hora e meia depois de terminar o meu horário letivo. Embora muitas vezes fique na escola para além da hora, porque não me falta o que fazer (pelo contrário, falta-me o tempo!), hoje queria sair "cedo", pois tinha trabalho urgente para fazer em casa (igualmente para a escola), mas fiquei na escola, aproveitando o tempo em outras coisas também necessárias.

Apareceram vocês para a reunião? Nem vocês, nem a mãe da criança. Esperei mais de meia hora, sempre a trabalhar, claro está, e vim para casa. Até agora, não recebi nenhum mail ou SMS a justificar a ausência.

Deixo uma pergunta e aceito palpites para a resposta. Foi:

a) confusão com a data; b) desinteresse total ou c) pura falta de respeito?

Quem deu um pum?

Aluno*, a meio de um trabalho coletivo, em alto e bom som: Quem deu um pum?
Professora**: Estás a perguntar isso porquê? Tu deste?
Aluno, sorrindo: Eu di***!

* 6 anos
** 40 anos, eu.
*** dei

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Menos seguidores

Não faço ideia quem foi que deixou de ser "seguidor(a)" do meu blogue (saíram duas pessoas), mas desconfio que foi alguém que só se fez seguidor, à partida, com o intuito de angariar mais uma seguidora para o seu próprio blogue. Mas quando o que lá havia não me interessava nada, ou interessava-me tão, mas tão pouco, eu não me ia fazer seguidora só para "retribuir".

A minha lógica faz sentido, ou nem por isso?

Eu não tenho cães...

... e não quero ter "substitutos"!*

*Na escola, o Feitiço mordeu três crianças da sala dele...

domingo, 27 de outubro de 2013

Cristo-Rei #2

Fomos. Subimos. Descemos. Cá em baixo, o Feitiço olhou para cima e não viu a estátua. [Naquele sítio, eu própria só conseguia ver a cabeça.]

Feitiço: O Cristo-Rei foi-se embora!

Cristo-Rei #1

Estamos a pensar ir ao Cristo-Rei. Quando contei isso ao Feitiço, ele perguntou-me:

- É o rei dos dinossauros?

[Nota: A culpa é dos desenhos animados intitulados "Rei dos Dinossauros"...]

sábado, 26 de outubro de 2013

Sonhos #20

Ao ver no facebook uma publicação de uma rapariga de quase 25 anos e que conheço desde que tinha um ano (mas que infelizmente tenho visto muito pouco desde que mudei de área de residência), lembrei-me que sonhei com ela.

Não me lembro bem do sonho, mas do acontecimento principal lembro-me: o namorado pedia-a em casamento de uma maneira maravilhosamente romântica, e eu era testemunha em primeira fila (acho que a expressão que quis utilizar não é assim) do pedido e da aceitação.

Eu não conheço o rapaz, mas soube que ele a surpreendeu imenso num dia dos namorados, com um jantar "formal" num McDonald's (que ela adora, mas ele não), com direito a toalha de pano e pratos de loiça e tudo... Não, não foi em Portugal. E não, o rapaz não é português.

Voltando ao meu sonho, e atendendo a que por vezes sonho com coisas que acontecem, tenho de telefonar à mãe da rapariga (não tenho o número dela) e perguntar-lhe se ela está noiva! :-)

Uma professora de Francês nativa

... de pouco servia, quando, a falar francês, chamava "porcô" a um porco...

Já estava em Portugal há demasiado tempo!

Tripé

MDM: Isto é um tripé, porque tem três pés. Se tivesse dois pés, caía... ou para um lado, ou para o outro!

MDM = professora de FQ do meu 8º ano de escolaridade...

Resultados pré-definidos

Eu: Queres que brinque contigo?
Feitiço: Siiiim! Aos carros de corrida!
Eu: Fazemos uma corrida?
Feitiço: Sim. Eu ganho e tu perdes.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Palavras à moda deles #10

Varinha: Mamã, preciso de levar estores para a escola!
Eu: Estores?!? Mas quais estores?
Varinha: Estores para guardar as canetas, ...
Eu: Ah! Queres um estojo!
[Fui buscar o estojo que já tinha arranjado desde a reunião com a Educadora da Varinha, mas que aguardava "sinal" para enviar.]
Varinha (ao ver que o estojo é novo e tem o seu nome bordado): Aaah! Como é que sabias que eu precisava de um estojo?
Eu: A MJ disse na reunião.
Varinha: Aaaahhhh!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

A minha previsão

Eu prevejo que amanhã o bloco A da minha escola vai ter um laguinho (ou lagão) no rés-do-chão, devido à infiltração da chuva por uma das janelas das escadas. Hoje, quando me estava a ir embora, vi que a água entrava em grandes quantidades, apesar de fechadíssima a janela, e já se estava a formar o lago nas escadas. Graças à gravidade, essa mesma água irá descer até não poder descer mais...

Mas o dinheiro para obras não existe... só existe para outras coisas que interessam aos senhores que mandam.

Feitiço, o todo-poderoso

Tinham ido para a cama há relativamente pouco tempo. De repente, oiço o Feitiço a dar uma ordem:

- Para, chuva! Para de pingar, sua palerma!*

"Palerma" é o simpático adjetivo com que o Feitiço anda a presentear toda a gente... chuva incluída! ;-)

[*tradução para quem precisa: "Pára, chuva! Pára de pingar, sua palerma!"] 

terça-feira, 22 de outubro de 2013

A escolha do Feitiço

Eu: Que história queres ouvir, Feitiço?
Feitiço: A história do "Copo... do Mano".

Não conhecem? Eu traduzo: A história do "Corpo humano". :-)

sábado, 19 de outubro de 2013

A pedido de uma querida leitora...

... aqui vai a anedota referida no post anterior:

"Jesus e os 12 Apóstolos estão a fazer uma caminhada. A certa altura, têm de atravessar um rio muito fundo. Jesus vai à frente, seguido de Pedro e dos restantes discípulos. No fim da fila, vai o Judas, que ao fim de pouco tempo, começa a dizer:
- Jesus, já tenho água pelos joelhos!
Jesus: Judas, tem Fé e caminha!
Passado um bocado:
Judas: Jesus, tenho água pela cintura!
Jesus: Judas, tem Fé e caminha!
Um pouco mais tarde:
Judas, aflito: Jesus, já tenho água pelo pescoço!
Jesus: Judas, tem Fé e caminha!
Judas: [Glu-glu-glu...]
Jesus: Pedro, é melhor ires lá atrás e ensinares ao Judas o caminho das pedras!"

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

O caminho das pedras

Numa rua empedrada perto de minha casa, há, a meio, um caminho formado por pedras grandes e lisas, escolhido por toda a gente que vai de bicicleta ou a pé (se sozinha). Eu não sou exceção a esta regra (logo eu, que tenho pés mais sensíveis do que o corpo da princesa da história "A Princesa e a Ervilha"), mas o que me tem prendido a atenção, nos últimos dias, é que, se vem alguém em sentido contrário, tanto eu como essa pessoa nos afastamos do caminho das pedras grandes e lisas para, logo a seguir a nos termos cruzado, voltarmos a ele, como que atraídos por uma força superior...

P.S. que não tem nada a ver com o post, mas que me veio à cabeça enquanto o escrevia: Conhecem a anedota de Jesus, os 12 Apóstolos e a travessia do rio? Não é ofensiva, é apenas cómica (se fosse ofensiva, eu não lhe acharia graça, acreditem!)...

domingo, 13 de outubro de 2013

Feitiço, o génio matemático

Feitiço: Há só tês (3) [de qualquer coisa que já não me lembro]: um para a mamã, um para o Feitiço, um para o papá, um para a Vassoura e um para a Varinha!

***********************

Feitiço: Tenho uma impessão no olho!
Eu: Queres que te faça uma massagem?
Feitiço: Sim. [pausa] A impessão é só num olho, não é nos tês.
Eu: Tens três olhos?
Feitiço: Não, tenho sete.

Feitiço, o poliglota autodidata

[nota prévia: de vez em quando, dá-me para falar em estrangeiro, com quem me entende e com quem não me entende!]

Eu: Feitiço, qu'est-ce que tu fais?
Feitiço, rindo: Não, não quero café!

:-)

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Conversa ao jantar

Varinha: Quando eu crescer vou ter umas mamocas grandes.
Rogério: Tens de comer muito para teres mamocas grandes. Se não comeres, ficas com umas mamocas pequeninas.
Varinha: Então vou comer muito para ter mamocas grandes. Vão ser tão grandes que vão ocupar o espaço todo.

É complicado...

... trabalhar e manter o blogue atualizado. Não sei como é que tanta gente consegue. Bem, se calhar trabalham maioritariamente ao computador, e/ou num gabinete sozinhos, ou então conseguem não dormir de vez em quando...

Eu trabalho numa sala de aula com mais 26 seres (27, contando a aranha que hoje se meteu comigo quando prendi uma folha na "sua" zona da parede), pequenos e agitados, e não tenho um momento de sossego (mesmo quando estão - de vez em quando acontece! - a trabalhar em silêncio). Quando estou em casa, ao computador, o meu tempo é passado no word, a preparar material.

A parte boa é que gosto do meu trabalho. A parte má é que também gosto de ter o blogue, e tendo de optar, por falta de tempo, é evidente que não posso escolher o que não me enche a conta bancária (não é que a outra opção a encha muito, mas sempre entra qualquer coisa).

Posto isto, que fique claro que este não é um post de despedida! Ainda conto cá ficar por mais uns tempos - só que menos ativa.

P.S. - Outra parte má é que, se não tenho tempo para o meu cantinho, menos tenho ainda para visitar muitos dos vossos. Ou, quando o faço, não comento... e eu que gosto tanto de comentar! :-(

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Vocábulos "novos"...

Uma aluna disse, há poucos dias, que tinha comido a "xixa" (ou "chicha"?). Eu sabia o que era, mas há muitos anos, quando ouvi "xixa" pela primeira vez, pela boca de um aluno, não sabia o que era. Para dificultar, esse aluno tinha problemas de fala, bastante graves, pelo que, quando ele dizia algo que parecia "xixa" (a propósito de um desenho que tinha feito), eu assumia que ele não estava a conseguir pronunciar a palavra (fosse ela qual fosse) corretamente... O assunto só ficou esclarecido quando falei com a mãe dele!

Para quem não sabe, a "xixa" é a carne.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Dou graças a Deus

pelos 40 anos do meu Batismo! :-)

Crianças que se mantenham secas de noite e de dia...

... procuram-se.

Só para que conste:

- No sábado a Varinha acordou molhada e o Feitiço, acordado, fez xixi nas cuecas.

- No domingo foi a Vassoura (sim, ela mesma, a que supostamente não tinha direito a etiqueta a dizer "Missão: Vassoura sequinha") que acordou molhada. Diz ela (e eu acredito) que sonhou que estava na sanita. O Feitiço, acordado, fez xixi nas cuecas.

- Hoje, segunda-feira, a Varinha acordou molhada. O Feitiço, na escola, ou não dormiu, ou acordou seco (se tiver sido este o caso, esta parte é boa). Assim que chegou a casa, apesar de eu o chamar para ir ao bacio - e ele ir, fez xixi nas cuecas. É que a nossa casa é uma mansão, e da porta da rua à casa de banho leva-se uma eternidade!

P.S. - Desisti de contar os pontos do Feitiço e da Varinha contra o xixi. Já não tenho tempo (nem paciência) para isso!

domingo, 29 de setembro de 2013

Palavras à moda deles #10

Há uns dias, a Vassoura não estava a portar-se lá muito bem. Quando resolveu mudar para melhor, disse que se ia portar muito bem, em "recompensação".

O Feitiço, referindo-se a uma brincadeira, disse-me: "Eu desmaiei-me. Tu desmaiaste-te?"

Missão: Alunos sequinhos???

Esta etiqueta ("Lá na escola") já poderia ter muitos posts associados a ela... se eu tivesse tempo de os escrever!

Pelo título deste post, deve dar para perceber que os meus alunos deste ano ainda são pequenos, e, com o nervosismo de estarem na "escola dos meninos crescidos", deixam-se molhar... apesar de eu ainda os deixar irem à casa de banho sempre que pedem (se não pedem, não adivinho, pois não lhes conheço os sinais!)...

sábado, 28 de setembro de 2013

Como água para flores

Hoje foi daqueles dias que enchem a alma... Uma tarde muito bem passada em casa de uma colega de curso (e família), com outras duas colegas (e famílias). Chegámos à hora de almoço e viemos embora à hora de jantar. Os miúdos estiveram muito bem, independentes q.b. (quando precisaram de assistência, o Gato fez o necessário), o que me permitiu aproveitar ao máximo o convívio com as minhas queridas amigas, uma das quais já não via há anos. Foi tão, tão bom!

[Não é para aqui chamado o facto do Feitiço ter feito xixi nas cuecas enquanto lá estávamos...]

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

O porta-jóias mais "lindo" do mundo

fui eu que fiz, há uns aninhos (só 27), ... e ofereci à minha mãe, que ainda o tem (e, por incrível que pareça, o usa)!



Os leitores mais antigos e fiéis do "Alheia" podem dizer-me, por favor, se eu já tinha mostrado esta obra? É que já descarreguei as fotografias há tanto tempo, que não tenho certeza... Procurei na etiqueta "Mãos à obra" e não encontrei nenhum post com o porta-jóias, mas como posso ter-me esquecido de pôr a etiqueta, não tenho certezas... e não tenho tempo para ver TODOS os posts! Se for repetido, avisem, OK? Obrigada!

[post agendado]

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Alguém já fez...

... a receita do bolo que partilhei aqui (num post ridiculamente longo)? Tenho andado curiosa...

[post agendado]

terça-feira, 24 de setembro de 2013

O pijama dos dinossauros (e não só)

Novo ou em segunda mão (é este o caso), um pijama com dinossauros será sempre uma alegria para o Feitiço! :-)


[post agendado]

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Uma troca compreensível... (?!?)

Feitiço no bacio, antes de ir para a cama.

Eu: Já fizeste xixi?
Feitiço: Sim.
Eu: Queres fazer mais alguma coisa?
Feitiço: Não.
Eu: De certeza que não queres fazer cocó?
Feitiço: Não.
Eu: Nem punzinhos?
Feitiço, contente: Sim! Quero fazer pãezinhos para comer!

domingo, 22 de setembro de 2013

Feitiço ecologista

Hoje, na Missa, o Feitiço reparou numa árvore que está num vaso colocado em cima de uma base com rodinhas. Fez logo um comentário:

- Vamos pôr a árvore [talvez arve seja mais fiel ao que ele disse] lá fora para os passarinhos!

sábado, 21 de setembro de 2013

Para "matar" os intervalos

... em que não tenho muito tempo para escrever posts, escrevi alguns que estavam pensados há já bastante tempo e agendei-os para os próximos dias. Assim, os meus queridos leitores podem continuar a ler um dos vossos blogues preferidos (cof! cof!)...

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

E a resposta é...

Depois de alguns dias ausente (vão-se habituando, caros leitores, que isto de ser bruxa e dar aulas é uma trabalheira e muito difícil de conciliar para a minha limitada pessoa), aqui estou com a resposta ao enigma colocado aqui:

É um aparelho para o exame (ao coração) que dá pelo nome de Holter (suponho, mas não garanto, que seja o nome do "inventor"). O técnico coloca aquelas coisinhas no corpo em locais estratégicos, e as coisinhas estão ligadas ao aparelho propriamente dito, que regista o trabalho do músculo do amor durante aproximadamente 24 horas. Não dói nada, mas é uma grande chatice fazer este exame, por causa do "trambolho" que fica preso à cintura ou ao peito (com a bolsa colocada tipo mala).

A parte pior, que eu não sabia quando tirei a fotografia, é que talvez tenha de repetir o exame, pois na clínica perderam o relatório. Uma coisa é certa: não tenciono pagar para repetir o exame, já que foi incompetência deles...

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Tal como o Titanic

... não era inafundável, as peças da Lego não são inquebráveis (não estou a insinuar que a Lego tenha dito que eram), apesar de serem muito resistentes.

Querem uma prova?

Chamo a vossa atenção para o lado direito...

[Post agendado]

domingo, 15 de setembro de 2013

Cheirinho a férias

Ontem passámos o dia em casa de uns amigos de longa data do Rogério. Éramos muitos, o que resultou num dia de convívio muito agradável.

"Cheirinho a férias" é o título deste post porque os amigos têm uma belíssima piscina, num jardim magnífico, com uma vista fantástica... e foi a única vez que fomos à piscina este ano! E acrescento que a última vez tinha sido um ano antes, no mesmo local, num dia de convívio semelhante. As crianças passaram o ano a perguntar quando é que lá voltávamos!

Para o ano (espero) há mais...

Guess it if you can...

O que é isto?

Para algumas pessoas, será facílimo acertar...

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Um Gato maravilhoso

Ontem, o Gato Rogério esteve na minha sala de aula a avaliar o estado do computador que para lá estava. Se dependesse de mim - e da sabedoria informática dos meus colegas de escola -, o computador ia para o "cemitério". Ora, o meu querido Rogério sabe muito mais do assunto do que nós (eu e os meus colegas) todos juntos e disse que havia salvação para o computador.

Hoje, depois de novamente passar horas na minha sala de aula, o Rogério deixou-me um computador a funcionar, com Internet e tudo! Ok, não é muito rápido, não é XPTO, mas... dá para os alunos escreverem e depois imprimirem (graças à minha impressora velhinha, com a qualidade que ela permite) e até aprenderem a navegar. Tudo a seu tempo, que a turma é do 1º ano!

Fiquei mesmo contente e estou muito, muito, agradecida!

Uma colega de escola disse que "é para isso que os maridos servem", em tom de brincadeira, mas, sendo ou não (nunca exclusivamente para isso, claro), a verdade é que agradecer o que alguém faz por nós é o mínimo!

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Andava enganada...

... mas hoje de manhã fiquei esclarecida! Eu contei-vos que o Feitiço na 3ª e na 4ª feira dormiu a sesta na escola e acordou seco, não foi? Pois, foi essa a informação que me chegou aos ouvidos, MAS... nesses dias ele não acordou seco porque, tal como nos primeiros dias, não chegou a adormecer! Hoje já dormiu a sesta... e molhou-se. :-(

Afinal, o registo deveria ser: xixi n - 12 Feitiço!...

Parabéns, compadres!

Hoje os meus compadres referidos aqui fazem 21 anos de casados. Muitos, muitos, parabéns! :-)

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Xixi n - 14 Feitiço

Gostei das boas notícias que me chegaram da escola: o Feitiço dormiu e não teve nenhum "acidente".

Infelizmente, em casa houve "acidente" enquanto brincava... Mas não deixo de estar contente pela boa notícia que me veio da escola - sempre são menos coisas para lavar!

Este "acidente" fez-me recordar o que aconteceu com a Varinha há dois anos, mais ou menos: chegava da escola, punha-se a ver televisão (com autorização), dizia que não tinha vontade de fazer xixi quando eu lhe perguntava se precisava de ir à casa de banho... e a seguir fazia xixi no sofá! Isto aconteceu duas vezes, três, no máximo: a partir dessa altura, quando chegava da escola tinha de se sentar na sanita, quer quisesse, quer não.

Vou ter de adotar o mesmo sistema com o Feitiço... na variante bacio.

domingo, 8 de setembro de 2013

Esta tarde...

... recebi este pedido de desculpas:

Da Vassoura.

Sonhos #19

Esta noite sonhei um filme, em que eu era a autora do guião, a realizadora, uma das personagens e membro do público. Era uma comédia romântica, mas o final não era o do "juntos e felizes para sempre". No entanto, quando acabei de "ver" o filme, fiquei com uma sensação positiva, por isso acho que o facto de os protagonistas não ficarem juntos não estragou o filme - e olhem que se houvesse só uma pessoa a gostar de happy endings, eu seria essa pessoa!

Não se faz...

Tinha eu acabado de escrever o post anterior, aparece-me o Feitiço no escritório, com cocó e xixi nas cuecas. Apesar de não se referir à sesta, achei que ilustrava bem a difícil missão: "Feitiço sequinho"...

Não está fácil, não... :-(

Xixi 15 - 27 Varinha

Hoje não houve tortura (para mim). Felizmente!

sábado, 7 de setembro de 2013

Regresso ao passado... NÃÃÃÃÃOOOO!

Xixi 15 - 26 Varinha

Desta vez, a Varinha diz que acordou com vontade de fazer xixi e que se ia levantar para ir à casa de banho, mas como não encontrou a lanterna no sítio (parece que me chamou, mas eu tenho apenas uma vaga recordação), acabou por fazer na cama. É claro que com a luz de presença não precisava de lanterna. Além disso, a Vassoura ofereceu-se para lhe iluminar o caminho com a sua lanterna (mais valia tê-la emprestado, enfim), mas a verdade é que o xixi saiu para onde não devia e já não há nada a fazer a esse respeito. Foi essa a "prenda" da Varinha para o pai... Não, esperem, essa prenda foi para mim: fui eu que a ajudei a tirar os lençóis, fui eu que pus a roupa a lavar, fui eu que lhe dei banho...

Não vou gritar cá em casa, mas - desculpem, meus queridos leitores - vou gritar aqui:

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!

Parabéns X 2

Hoje fazem anos o meu pai (74) e o pai dos meus filhos (45). É dia duplo de festa!

P A R A B É N S!!!!!!

A Vassoura tocou os parabéns no piano da Hello Kitty, como prenda para o Rogério. A Varinha deu-lhe os parabéns, e, como "prenda" algo que fica para outro post... O Feitiço deu-lhe os parabéns. Provavelmente ainda farão uns desenhos para lhe oferecer, mas não garanto...

Para o avô e a avó (que fez anos há dois dias), por enquanto, não têm nada para oferecer, mas é provável que façam uns desenhos... Também não sei. Eu tenho uma prenda conjunta para os meus pais . A ver se me lembro de fazer o embrulho...

Para o Rogério tenho umas coisas compradas ontem à tarde (ando a perder qualidades - noutros anos comprava com bastante mais antecedência), para além de prendas não materiais (como sorrisos - difíceis em dias de neura, mas estou a fazer um esforço! -, abraços... e mais não digo).

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Não sei que dizer...

Não estou particularmente bem-disposta e isso está a influenciar a maneira como avalio os acontecimentos de hoje.

O Feitiço chorou quando nos viemos embora, na escola. Até aqui, tudo normal (ele para de chorar logo a seguir). Passou o dia lindamente e lindamente estava, quando cheguei à sala, à tarde. Espero que ele tenha aproveitado bem estes três dias em que o fui buscar, porque a partir de dia 9 irá na carrinha (daqueles serviços de transporte personalizado)...

Esta tarde o Feitiço dormiu (sem almofada, pois não a quis)! Boa! E molhou a cama! !... De resto, tudo bem. Soubemos que duas crianças (da mesma sala) estiveram a fazer festinhas no cabelo do Feitiço e que ele ficou deliciado com isso.

Depois vimos a educadora da Varinha e estivemos a conversar com ela, que nos mostrou a nova organização dos cantinhos da sala e que nos disse que a Varinha tem imenso jeito para pôr baton nos lábios! Não sai à mãe... ainda vai ser ela que me vai ensinar a maquilhar!

Enquanto falávamos (eu e o Rogério, que entretanto chegara) com a educadora da Varinha, o Feitiço brincava perto de nós, muito bem-disposto. E enquanto brincava, fez xixi nas cuecas. Lá se foi a segunda muda de roupa que ele tinha na escola...

Em casa, o Feitiço foi o primeiro a quem dei banho. Não muito tempo depois, começou a fazer cocó e xixi nas cuecas (terminou de os fazer no bacio)... Não posso, portanto, terminar este post no mesmo tom positivo com que terminei este sobre ontem...

[Nota à navegação: estou num daqueles dias... Não tenho como fugir à neura, por mais que tente!]

Afinal... Xixi 14 - 26 Varinha

Declarei o fim da Missão: "Varinha sequinha" one day too soon...

Esta manhã, ao entrar no quarto dos miúdos, senti um cheiro a xixi que ultrapassava, em intensidade, o habitual cheiro a xixi da fralda do Feitiço. Era a Varinha - estava encharcada!

Fiquei tão desanimada!... Eu estava (e estou) mentalmente preparada para "acidentes", mas o desta noite abalou-me, talvez por ter sido exatamente a seguir a eu ter pensado que o click definitivo já se dera.

A Varinha não se "descoseu" em relação à(s) causa(s) do acidente, mas desconfio que bebeu água quando lavou os dentes e duvido que tenha feito xixi antes de ir para a cama... Penso que não fez por mal. Ela própria deve ter pensado que o assunto estava sob controlo e que não faria mal fugir às regras estabelecidas - mas enganou-se e provocou mais um auto-golo!

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Cumpriu os objetivos! Xixi 13 - 26 Varinha

Eu escrevi no dia 24 de agosto que o próximo post desta missão seria, idealmente, hoje. Tenho o enorme prazer de informar que sim, a Varinha conseguiu dobrar os pontos do xixi, mantendo-se seca desde essa altura. Dou, por isso, por terminada - espero que para sempre! - a Missão: "Varinha sequinha". É engraçado como me parece que ela já acorda seca há muito mais do que um mês, mas nem um mês passou...

Feitiço na escola - dia 2

Depois de ficar bem-disposto, o Feitiço manteve-se assim até nós (eu, o pai e a Vassoura) nos despedirmos dele, na sala da escola. Aí, chorou muito dramaticamente. A Varinha já estava na sua sala (foi hoje o primeiro dia para ela).

Voltando ao Feitiço, soube à tarde que o choro terminou a seguir a virmos embora, como na véspera.

Na hora da sesta, o Feitiço voltou a não dormir. Amanhã vamos levar uma almofada para ele, para ver se facilita o adormecimento, embora em casa ele tenha "chumbado" a presença de uma almofada na sua cama.

Resultado de não ter dormido: uma birra à hora do jantar ("Não quero comer, não vou comer.") e consequente ida para a cama (já a minha querida e sábia mãe - que hoje faz anos - dizia, quando eu era pequena, que "o meu mal era sono"). Veremos como será o acordar amanhã de manhã...

Falta aqui um pormenor: não tendo dormido sesta, o Feitiço não molhou a cama, mas, para "compensar", fez xixi nas cuecas e nos calções, antes do banho. Pelo menos foi antes do banho e não depois...

Feitiço na escola - a ressaca

Lembram-se de ontem ter contado que o Feitiço não dormiu durante a hora da sesta na escola? E que foi para a cama às 19:30h?

O que ainda não contei foi que esta manhã, às 8 horas, ainda dormia e tive de o acordar. :-(

Feitiço: Vai-te embora. Quero dormir.
Eu: Não pode ser, querido. Temos de estar prontos daqui a bocado.
Feitiço: Não. Quero ficar aqui a dormir.
Eu: Olha, eu vou tirar-te da cama. Podes escolher a maneira como sais: a rir e contente, ou a chorar e a berrar. Seja como for, eu tenho de te tirar da cama...
[Tirei-o da cama.]
Feitiço, como se o estivesse a matar: Aaaaaahhhhhhhh!
Na casa de banho:
Feitiço: Não quero tirar o pijama. Não quero vestir. Quero dormir. [bis]
Eu, respondendo ao que ele ia dizendo: Pois, ontem não dormiste a sesta e agora estás muito cansado... Mas tenho de te vestir.

Isto não foi assim tão pacífico quanto talvez pareça, pois tive de me desviar dos ataques do Feitiço (ataques mesmo!) e precisei de ajuda do Rogério para lhe tirar os calções do pijama. Quando ia pôr-lhe as sandálias, também não quis (conhecem o livro 'Histórias para Meninos "Não Quero"'?), de modo que, para evitar mais demoras, o levei ao colo para a cozinha, para ele comer a papa. Escusado será dizer que o Feitiço me informou logo que não queria comer - mais, que não ia comer. E, agindo em conformidade com as suas palavras, saiu da cadeira, pondo os pés no chão. Acabei por sentá-lo na cadeira alta e prendê-lo com o cinto. Continuava a não querer comer. Eu tomei o meu pequeno-almoço e saí da cozinha. Quando voltei, o Feitiço já estava a comer e disse-me:

Feitiço: Sai daqui, para eu comer. [Como se a minha simples presença o impedisse...]
Atendendo às horas, saí mesmo. Passado um bocado, o Feitiço chamou-me:
Feitiço: Mamã! Já acabei de comer!

A partir daí, esteve bem-disposto, como se não tivesse estado possuído [pelo sono] tão pouco tempo antes!

Adivinhem quem faz anos hoje?

A minha mãe! Já lhe telefonei a dar os parabéns, mas como a conversa já se foi, quero deixar um registo e, atualmente, o blogue é o meu local de eleição para este tipo de registos, por isso aqui ficam novamente os meus PARABÉNS à melhor Mãe do Mundo. Sei de pelo menos seis pessoas que não me desmentirão...

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Primeiro dia de escola do Feitiço

Hoje fomos os quatro levar o Feitiço à escola. Ao chegarmos à sala dele, a educadora estava a falar com uns pais e quando a seguir nos cumprimentou, nós dissemos-lhe que o Feitiço já tinha entrado: estava a brincar com uns carros, ao pé de outro menino. Entregámos o que nos tinha sido pedido, fomos à sala onde eles dormem a sesta pôr os lençóis e as mudas de roupa, e fomos para o recreio, onde entretanto já estavam as outras crianças e alguns pais. O Feitiço pôs-se logo a brincar, uma vez que já se sente muito "em casa" naquele recreio, nada preocupado em estar ao pé de mim. No entanto, quando lhe dissemos que íamos embora, começou a chorar (talvez influenciado por outra criança que estava a chorar ao colo da educadora). Despedimo-nos e saímos. Custou-me um bocadinho (não tenho coração de pedra!), mas eu calculava que fosse choro de curta duração. Soube à tarde que o meu palpite estava certo.

À tarde, para além de saber que o choro acabara assim que desaparecêramos de vista, soube que ele tinha almoçado muitíssimo bem, e sem demoras (deu gosto ouvir, especialmente quando das manas mais velhas costumava ouvir o contrário).

Querem saber como correu em relação à sesta? O Feitiço não molhou a cama, mas também não acordou seco... Como foi que ele fez isto? Muito simples: não dormindo!

Enquanto vínhamos para casa (meia hora a pé), o Feitiço disse-me que tinha fome e sono, o que não me admirou, claro. Chegados a casa, deixei-o brincar um bocado, dei-lhe banho e o jantar. Quando estava quase a terminar a sobremesa, chegaram o Rogério, a Vassoura e a Varinha (elas passaram o dia no trabalho do pai). Viu um bocadinho de televisão enquanto as manas tomavam banho e a seguir foi para a cama. Eram 19:30h. Pobrezinho, estava K.O.!

Experiência com agendamento de posts #2

Por causa deste post, vou escrever qualquer coisa e agendar para daqui a bocado. Depois vou almoçar, que estou esganada de fome!

"Qualquer coisa" (Sim, isto sou eu a fingir que tenho piada)

6 meses

O blogue hoje faz a bonita idade de 6 meses. Já se começa a sentar, já faz gracinhas... Ah, esperem, o blogue não é um bebé! Então, pois, aaaahhh,... só me resta dar, ao blogue e a mim mesma, os
P A R A B É N S!

[Este post é a minha estreia nos posts agendados. Agendei-o para a mesma hora em que fiz a primeira publicação. É a minha faceta romântica (ou lamechas, como queiram) a falar mais alto. Poderia não vos dizer que era agendado, mas não seria eu, se não dissesse...]

Adenda: A experiência correu mal. Cheguei a casa à hora do almoço e liguei o computador, pensando que a mensagem já estaria publicada desde as 11:01h. Enganei-me...

Vou escrever uma mensagem e agendá-la, para ver se aparece. Acho que sei o que correu mal. Veremos.

Segunda adenda: Ao publicar esta mensagem, há alguns segundos, vi que apareceu com a hora a que eu tinha agendado, mas o blogger é mentiroso! Ela só apareceu às 13:12h!!!

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Xixi n - 12 Feitiço

Para comemorar o regresso da Nina e, quem sabe, preparar-se para amanhã (primeiro dia de escola), o Feitiço acordou seco! Viva!

A Nina voltou! Viva!!!

Hoje já cá tenho a Nina. A Bimby fica parcialmente de férias... Mas, a bem da verdade, a Bimby não trabalhou tanto assim neste verão. Foi mais o Gato Rogério e o fogão!...

Diálogos despassarados - título by Ana

No outro dia, a Vassoura e o Feitiço tinham estas t-shirts vestidas:

Feitiço.
Vassoura.
Ao repararem nos Angry Birds, os três tiveram um pequeno diálogo:
Vassoura: Ah! Eu e o Feitiço temos t-shirts a fazer par!
Feitiço: Eu sou o "Gonga" ("Bomba") que quer matar os procos! [Ver este post por causa dos procos.]
Varinha (aproximando as barrigas dos irmãos uma da outra): São namorados!

P.S. - Obrigada à Ana que sugeriu o atual título da mensagem!

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Babysitter VS "Babysister"

Babysitter = a person who takes care of babies or children while their parents are out, esp. in the evening. Traduzindo (livremente): alguém que toma conta de bebés ou crianças.

Baby['s] sister = the sister of the baby. Traduzindo: a irmã do(a) bebé.

Portanto, a não ser que a babysitter seja também irmã do bebé ou da criança de quem vai tomar conta, não é "babysister"!

Sabem por que foi que me lembrei disto? Porque vi alguém a promover um jovem rapaz que tomava conta de crianças, como o melhor "babybrother"!!!

Balanço do primeiro dia de trabalho

Foi suave... o que quer dizer que o que há para fazer (e é muita coisa) vai sobrecarregar os outros dias!

Mas desde que sou professora que o dia de apresentação é pouco produtivo. Se alguém conhece uma escola ou agrupamento que seja a exceção, partilhe o nome nos comentários. Eu por acaso já ouvi falar de um agrupamento que era a exceção, mas não sei qual é!

domingo, 1 de setembro de 2013

A algumas horas de recomeçar a trabalhar...

... vou fazer (na Bimby) "Fettucini com bacon, fiambre e natas". É da praxe: faço este prato (apenas) uma vez ao ano! :-)

Palavras à moda deles #9

Feitiço dixit:
mamoa (meloa)
memão (melão)
comimão (comilão)

Da "Desfolhada" à "Canção do beijinho"

Ontem à noite vi um comentário no Facebook que aludia à frase "Quem faz um filho, fá-lo por gosto" da canção "Desfolhada", que a Simone de Oliveira cantou no Festival da Canção da RTP em 1969 e que representou Portugal na Eurovisão no mesmo ano.

Quando mostrei o comentário ("Quem faz um like, fá-lo por gosto") ao Rogério, ele não percebeu a alusão. Quando eu lhe expliquei, respondeu que era demasiado pequeno na altura para se lembrar (tinha uns meses). Bem, eu na altura ainda não tinha nascido! (Não é - de todo - que eu seja muito culta, musicalmente falando, e precisamente por isso pensei que, se eu conhecia, o Rogério também haveria de conhecer)

Numa postura muito mais despachada do que é meu costume, fui logo ao YouTube para mostrar a "Desfolhada" ao Rogério. E, para o caso de alguém entre vós estar em situação idêntica à do Rogério de ontem à noite (sim, porque o de hoje já ouviu a canção), ei-la:


Depois de rever a "Desfolhada", segui algumas sugestões do YouTube e vi outros vídeos de canções que participaram, ganhando ou não, no Festival da Canção da RTP. Daí a (re)descobrir que o Herman José também tinha interpretado (pelo menos) uma canção, foi um passo. (Eu lembro-me de assistir ao Festival em 1983, por isso ouvi-o em direto, embora recordasse apenas a canção vencedora.)

Quando os meus olhos viram a sugestão "A canção do beijinho", não hesitei e matei saudades. Se não sabem a que me refiro, oiçam, leiam e divirtam-se! Reparei em erros na letra da canção, mas mesmo assim escolhi esta versão:

sábado, 31 de agosto de 2013

Ortografia

Tenho certeza que não era (não é) a pior coisa que um aluno podia (pode) fazer, mas não deixa de ser curioso...

... que, ao copiar o cabeçalho de uma ficha de ortografia (de um ficheiro reutilizável), um aluno escrevesse, repetidas vezes: "Ficha de ortugrafia" (ou outra variante).

Sabes que estás sem empregada #5

... quando contas os dias que faltam para ela voltar!

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Protetores solares - o outro lado da história

Não tenho formação pessoal na área para garantir a veracidade desta informação (7 Perigos dos protetores solares e o que podes fazer como alternativa), mas lá que faz sentido, faz!

Quem te avisa, tua amiga é...

Sabes que estás sem empregada #4

... quando, sem os teus filhos terem feito xixi nas camas, fazes três máquinas de roupa no mesmo dia.

Xixi n - 11 Feitiço

Será? Será que é agora que vejo a luz ao fundo do túnel relativamente às sestas do Feitiço?

Pelo menos encaro com um bocadinho mais de otimismo a questão dos lençóis que vão para a escola...

Estou ansiosa por deixar de ter fraldas de tamanho 6 cá em casa! Aposto que muitas das minhas leitoras que são mães só tiveram de comprar fraldas até ao tamanho 4, no máximo!

Obrigada, Rogério!

A cómoda do nosso quarto estava cheia de coisas que não deveriam lá estar. De cada vez que passava pela cómoda, eu pensava: "Tenho de arrumar isto.", mas arrumar... não arrumava.

Isto durante semanas (ainda a Nina não tinha ido de férias)... Até ao dia em que o Rogério, um bocadinho menos paciente com a minha desarrumação, disse: "Convém arrumar isso".

Foi o empurrão de que precisava. Poucos minutos depois, comecei a arrumar a cómoda e poucos minutos depois de ter começado, terminei a arrumação - sim, porque apesar de ter adiado tanto, não era nenhum trabalho do tipo "obras de Santa Engrácia"...

Xixi n - 10 Feitiço

Finalmente uma dezena de pontos para o Feitiço!

A Varinha "emprestou" as mãos... :-)

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Depois da fruta, uma tosta, e depois...

Feitiço: Mamã, posso comer mais uma tosta?
Fiz ar de quem espera mais qualquer coisa...
Em vez de acrescentar "por favor", o Feitiço explicou:
Feitiço: É para eu ser grande e dormir na tua cama!

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Mais pontos para o Rogério!

Lembram-se deste post? Pois nos últimos dias o Rogério tem vindo a acumular pontos, o que me deixa muito contente. Ser um bocadinho menos o 112 familiar sabe-me bem.

No entanto, nem toda a "Gália" está sob domínio Rogeriano... Não! Na hora de ir para a cama a minha pessoa continua a ser a mais requisitada, por esta razão, por esta e por todas as festinhas e beijinhos em doses extra large que lhes dou.

Para quem leia isto e pense "A Mimi está é com ciúmes, o Rogério que se ponha a pau ou ela ainda lhe manda um feitiço [não o Feitiço!] para cima!", informo que:

1 - Estão enganados;
2 - Se eu quiser mandar um feitiço, prefiro fazê-lo na blogosfera, atingindo apenas os leitores que persistirem em fazer maus juízos de valor acerca da minha pessoa;
3 - Não precisam de se manifestar para eu saber quem são... Tenham medo, muito medo! ;-)

Quinta Pedagógica

Na semana passada fomos à Quinta Pedagógica. A vez anterior tinha sido em 2012 (uma vez ao ano é a nossa média).

Foi bom, mas eu sou tão citadina e tão sensível aos cheiros que não tenho pressa em lá voltar (não preciso dizer a que tipo de cheiros sou sensível, pois não?) , exceto se formos participar num atelier, em família. A isso gostava muito de ir!

terça-feira, 27 de agosto de 2013

domingo, 25 de agosto de 2013

Tenho costas largas, é o que é!

A meio do almoço:

Feitiço: O que vamos comer?
Eu: Esparguete e peru.
Feitiço, admirado: Espaguete em pum???
[Risos de todos]
Feitiço, em jeito de desculpa: A mamã disse!

sábado, 24 de agosto de 2013

Preparar setembro #3

As coisas da Vassoura para a escola estão prontas - exceto os livros de Inglês, que ainda não conseguimos arranjar. Tudo com nome, forrado o que é para forrar (exceto os livros de Inglês - já vos disse que ainda não os arranjámos?)...

Seguem-se as coisas para a Varinha e para o Feitiço. Como ambos vão frequentar o Jardim de Infância, não há livros para forrar (Thank God!), mas há uma lista de coisas necessárias que convém não esperar pela véspera para ver se temos.

Uma das coisas que é preciso levar para o Feitiço é um par de lençóis, que vão à 2ª feira e regressam à 6ª feira. No caso do Feitiço, e pelo andar da carruagem, serão lençóis de ir e voltar no mesmo dia...

Rogério 1 - 0 Mimi

Como devem calcular, esta competição (que não o é)  não tem nada a ver com xixis... ;-)

Hoje estive a ver uns episódios de séries que tinha gravado ("Castle" e "Investigação Criminal"). Durante uma boa parte deste tempo, o Rogério esteve a brincar com as três crianças, a fazer construções com Legos. Estávamos todos na sala.

Quando o Rogério já tinha saído (estava no escritório), o Feitiço magoou-se na cabeça (segundo consta, com colaboração da Vassoura). Começou a chorar e foi procurar consolo. Aqui é que se deu algo inédito: o Feitiço passou por mim a chorar, não parou (apesar de eu o chamar) e foi até ao escritório, pedir consolo (e fazer queixinha) ao Rogério.

Para compensar e pôr as coisas na sua devida "ordem", o Feitiço não aceitou que o pai o tirasse da cadeira alta no fim do jantar, apesar de eu estar na marquise a estender a roupa (que, para não variar dos últimos dias, incluía o lençol e o pijama do Feitiço)...

Xixi 13 - 14 VARINHA

Pela primeira vez em vantagem, a Varinha parece ter feito o "click"... mas continuamos a controlar a ingestão de líquidos à noite.

O próximo post desta "Missão", em princípio, será quando a Varinha alcançar o dobro de pontos do xixi. Idealmente, tal acontecerá na manhã de 5 de setembro, que será precisamente o dia em que a Varinha regressará à escola.

 +  = 14

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Desafio "Berra-me baixo" de agosto - semana 3

Acho que não correu mal. Em algumas das vezes em que gritei - porque continuo a gritar (menos?) -, dei por isso e reformulei, do género:

- Não era preciso ter gritado. Ora deixa-me cá dizer isto de outra maneira...

Também reformulei em situações não de grito, mas de atrito, para uma expressão mais suave, tendo como resultado um sorriso da minha filha mais velha, que começa a entender (e creio que a valorizar) o meu esforço por melhorar a minha forma de me expressar.

No geral, tem havido melhor ambiente cá em casa e isso é bom!

Pequeno-almoço

Eu: Meninos, querem papa de flocos de aveia?
Eles, sem eu perceber exatamente quem: Siiiim!
Eu: Não percebi bem. É melhor uma resposta individual.
Eu (para a Vassoura): Queres?
Vassoura: Sim.
Eu (para a Varinha): Queres?
Varinha: Sim.
Eu (para Feitiço): Queres?
Feitiço: Sim individual.

Adoro estas saídas do Feitiço! :-D
Já era...

Xixi 13 - 13 Varinha

Finalmente o empate! Xixi, prepara-te para a derrota...

 +  = 13

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Eu gosto

... de ter um blogue - e este blogue em particular. Apeteceu-me registar. Done.

Sabes que estás sem empregada #3

... quando passas duas horas seguidas a preparar comida.

[Infelizmente, duas horas nesta atividade não se traduz em muita comida, devido à tua (minha) pouca experiência - mesmo com a Bimby.]

Nota: Isto não se passou hoje (just for the record).

Xixi 13 - 11 Varinha

Deixa cá ver se encontro duas fotos de mãos (da Varinha) cujos dedos esticados somem 11! ;-)
Ora aqui estão elas:

 + = 11

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Sonhos #18

Às vezes, ao acordar, se tive um sonho que não quero mesmo esquecer, pego numa folha e escrevo as ideias principais. Normalmente não demoro muito tempo entre o registo no papel e o registo no blogue - algumas horas ou um dia, no máximo.

Pois a exceção faz a regra e o sonho que hoje vou contar passou-se há mais de uma semana, talvez mais de duas. Quando acordei fiz o registo, mas a folha perdeu-se no meio do caos da minha secretária. Encontrei-a ontem (o que significa que arrumei a secretária - palmas para mim), e tive de pesquisar os sonhos já contados para ter certeza que ainda não o contara. Como confirmei que não, aqui vai ele...

Eu estava numa espécie de centro comercial (CC), com lojas ainda por abrir (no sentido de inaugurar), num daqueles locais onde várias ruas do CC vão dar. Eu queria sair de lá, mas, de repente, apareceram multidões vindas de todos os lados, tapando qualquer saída. Vinham vestidas com macacões brancos, como se estivessem num anúncio da Robbialac. Acho [como não apontei este pormenor, não tenho certeza] que até traziam latas de tinta. Pararam perto de mim. Descobri que havia mais uma ou duas pessoas que, tal como eu, não pertenciam ao "anúncio". De repente, ouvi alguém a chamar-me:

- Mimi!*

Olhei para quem me chamara. Era uma das pessoas "fora do anúncio". Estava a olhar para mim com um grande sorriso de reconhecimento e felicidade por me encontrar ali. E eu a pensar: "A cara não me é estranha... Mas quem é ela?". Disse-lhe:

- Desculpa, estou com uma branca, não me lembro do teu nome...
Ela: Elizabete.
Eu: Ah, sim, conhecemo-nos do Convívio, não é?
Ela [não sei se admirada, se ofendida]: Não! De "Terra da Mimi Solteira"; éramos vizinhas! O alemão que "não sei quê" - [escrevi assim no registo], não te lembras?
Eu: Ah, pois, eu morava no 1º andar e tu no R/C ou na cave, não era?
Ela: Não, eu morava no 2º...
Eu: Ah, pois...
[um bocado depois...]
Eu: Espera, eu é que morava na cave! [Interferência da realidade no meio da fantasia.]

Nesta altura, o Gato Rogério fez barulho e eu despertei.

*[O meu nome verdadeiro, no sonho.]

Xixi 13 - 10 Varinha

Uma imagem vale mais
do que mil palavras...

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Xixi 13 - Varinha 9

Esta manhã não houve boas notícias. A Varinha acordou molhada sem hipóteses de aldrabar o resultado. Disse-me a minha mãe que ontem ao jantar nem sequer pôs copos na mesa, nem comeram sopa e que a Varinha fez xixi antes de ir para a cama.

Uma vez que a minha mãe não ouviu o xixi a sair e que a minha filha #2 nem sempre se rege pela verdade, e que a mesma filha tem por vezes preguiça de fazer xixi (o que é incrível, mas acontece), fiquei a pensar no assunto... e cheguei a duas hipóteses, com as quais confrontei a Varinha (fiz logo as duas perguntas de enfiada, estilo "polícia má"):

- Ontem à noite fizeste mesmo xixi, ou mentiste à avó?
- Tu aproveitaste para beber água quando lavaste os dentes?
Varinha: Eu fiz xixi antes de ir para a cama!
Eu: Mas bebeste água quando lavaste os dentes, não foi? Percebo pela tua ausência de resposta que sim...

E pronto, ficou esclarecido por que razão esta noite o resultado foi desvantajoso para a nossa equipa: foi um auto-golo!

P.S.: É óbvio que beber água é um hábito muito saudável, mas, nesta fase, é melhor que seja bebida durante as horas de maior calor, para ajudar a bexiguinha!

domingo, 18 de agosto de 2013

Viram a Judite a entrevistar o Lorenzo?

Se viram, leiam este post do Homem sem Blogue.
Se não viram, como eu, leiam este. (Sim, é o mesmo.)

Xixi 12 - 9 Varinha

Faltam três para o empate... Força, Varinha!

Mãos da Varinha.

Sonhos #17

Eu fiz parte do grupo de teatro da minha escola e, mais tarde, já professora, fiz parte de um grupo de teatro na zona onde vivia. Chamemos-lhe "Teatro da Terra da Mimi" (TTM). Esta noite sonhei com o TTM.

O diretor do TTM (de nome fictício Chico) estava a preparar uma nova peça e tinha-me proposto entrar nela. Mas a história ainda não estava escrita, de modo que eu teria de ler as descrições das personagens já definidas e criar a minha própria personagem em interação com as outras. Na mesma situação estava um rapaz que eu não conhecia de lado nenhum (e que não teve direito a cara, no meu sonho).

O Chico e os atores residentes do TTM sairam da sala e deixaram-nos (a mim e ao tal rapaz) a pensar nas personagens. Eu até tive algumas ideias, mas aquilo que me vinha constantemente à cabeça era que, apesar de eu gostar muito de fazer teatro, e de estar sensibilizada por o Chico me ter convidado para voltar ao TTM, não ia poder participar. Os ensaios à noite, mais os espetáculos também à noite, além de me irem cansar, significariam que o Gato Rogério teria de assumir os encargos de final de dia com as crianças (porque o TTM não é na terra onde agoro moro). Ocasionalmente, não há nenhum problema, mas, on a regular basis, sei que isso não seria boa ideia.

Acordei com a sensação de querer algo que não tenho...

Se um não "funciona"...

Esta manhã, ainda na cama:
Feitiço: Mamããããã! Anda cá, por fa-voooooor. [repetiu algumas vezes]
Como eu não fui logo ao quarto, mudou o chamamento:
Feitiço: Mãe Gata, miau miau miau! Mi-aaaaaaau!

sábado, 17 de agosto de 2013

Já desconfiava...

... mas acabei de ter a certeza que o Blogger (ou lá quem é responsável por aquilo que vou dizer) não me informa dos novos posts de todos os blogues que sigo e aparecem do lado esquerdo (sob o título: "Magias alheias"). Diz lá que o último post do "Meu Querido Diário" foi há três semanas, mas eu descobri há bocado três ou quatro posts que datam dos últimos dias, todos em agosto! Assim não vale...

Complexo de Édipo felino

Feitiço: Eu sou o Pai Gato. Tu és a Mãe Gata.
Eu: E o papá?
Feitiço: O papá é o Filho Gatinho.

Persuasion

Aproveitando o silêncio proporcionado pela sesta do Feitiço e pela ausência da Vassoura e da Varinha, dormi uma bela sesta no sofá. Até me babei...

Nota: o título do post é uma referência ao livro que estou a (re)ler, mas cuja leitura só avançou duas ou três páginas devido à sonolência que se apoderou de mim e me persuadiu a "encostar à box"...

Persuasion, by Jane Austen

Desafio "Berra-me baixo" de agosto - semana 2

Se este post foi escrito com atraso, este de hoje nem se fala...

A segunda semana foi um bocadinho melhor. Menos gritos, mais indicações segredadas ao ouvido, nem sempre com os resultados esperados. O Feitiço ri-se quando lhe falo ao ouvido, mas nem por isso liga mais e obedece mais depressa a um "Vai lavar as mãos para irmos almoçar".

Tenho de treinar a minha assertividade. Agora surgiu-me a pergunta: "E isto treina-se?" Creio que sim e será uma preciosa mais-valia até para a minha atividade profissional. "Mas como?" Tenho assim umas ideias, que fui lendo aqui e ali, com as quais concordo... O pior (leia-se: mais difícil) é pôr em prática essas ideias!

Xixi 12 - 8 Varinha

Em casa dos avós, a Varinha acordou com a cama seca, mas as cuecas e o pijama aromatizados. Tal como há dois dias, vou contabilizar mais um ponto para a Varinha, reconhecendo publicamente que é meio aldrabado.

Mãos da Varinha (previamente
fotografadas).

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Lá no fundo, no fundo...

A Vassoura e a Varinha estão a passar o fim de semana em casa dos avós maternos. Eram para ter ido ontem para lá, mas a minha mãe não estava a sentir-se com energia e adiou-se para hoje. Expliquei-lhes a razão. Em resposta, a Vassoura disse que, se a avó não estivesse bem para lhes dar a comida e o que fosse preciso, poderia ser o avô a fazê-lo! (Que atencioso da parte dela...) Retorqui que, não estando a avó bem, o avô estava ocupado a cuidar dela e que elas as duas só iriam hoje para casa deles - se a avó estivesse melhor.

Hoje tive a confirmação que dava para a Vassoura e a Varinha irem, mas só fomos depois da sesta do Feitiço, que acordou bastante tarde e, por isso, não lanchou (mas banho teve de tomar, devido ao insucesso da Missão).

Quando chegámos a casa dos meus pais, a Varinha e a Vassoura perguntaram logo se podiam ver o que estava a dar no Canal Panda. O Feitiço foi o único a abordar a minha mãe sobre o ter estado doente, para saber como é que ela estava. Enfim, mais ou menos, pois o objetivo dele ficou pouco claro - certo é que olhou para a avó e teve uma atenção para com ela que as irmãs não tiveram.

O meu pai chegou pouco depois com parte do jantar (delicioso frango assado e batatas fritas*). Quando deu por isso, o Feitiço disse:

- Obrigado por trazeres a comida!

Pois é, muitas penso que o Feitiço é um bocado selvagem e muito pouco civilizado, pela maneira como trata as irmãs e até a mim, pela forma como se exprime (quase sempre aos gritos), pelo modo como esperneia quando é contrariado e transportado para onde não quer,... mas depois tem estas saídas que mostram que, no fundo, é sensível e bem-formado (será?). Já as irmãs, apesar de não serem, nem parecerem, nenhumas santas, ficaram muito mal nesta "fotografia"...

*(Não sei se as batatas eram de compra ou não. Eram?)

Fizeste o quê?

Sem qualquer pré-aviso, o meu filho mais novo iniciou uma conversa interessante:

Feitiço: Mamã, eu mamei-te na televisão!
O meu cérebro* esteve à altura do desafio que este início de conversa prometia [a sério que esteve - já vão confirmar que sim].
Eu: Não.
Feitiço: Sim, sim, eu era bebé. Eu vi!
Eu: Não, tu não me mamaste. Tu mamaste nas minhas maminhas, quando eras bebé, e o papá filmou. Não dá na televisão, não é um programa de televisão, é um DVD que temos e que podemos ver.**
Feitiço: Posso ver outra vez?***

* O meu cérebro esteve à altura do desafio; o mesmo não posso dizer das minhas capacidades verbais e explicativas. Para o Feitiço, programas de televisão e DVD vão dar ao mesmo, porque aparecem no mesmo sítio - a televisão.

** O que achei incrível foi que já devem ter passado muitos, muitos meses, talvez mais de um ano, desde que o Feitiço viu pela última vez algum filme dele a mamar. Por que terá ido buscar isso para uma conversa?

*** Ou algo do género. Foi difícil reter o resto da conversa depois daquele começo sui generis.

Às vezes...

... no meio das névoas dos meus pensamentos, surge um que brilha como o Sol, me põe um sorriso nos lábios e me tranquiliza o espírito. Obrigada a Quem de direito.

Sabes que estás sem empregada #2

... quando a tua casa começa a parecer o faroeste num filme de Hollywood, com tufos de vegetação seca (aka cotão) a andar de um lado para o outro!

P.S. - Só não está pior porque o Gato Rogério andou a aspirar... Obrigada, Rogério! :-)

A coisa complicou-se!

Vassoura: Mamã, posso comer um rubuçado?
Eu: Não sei o que é um rubuçado...
Vassoura [corrigindo]: Eu disse rubeçado!
Eu: Rubeçado?
Vassoura [a começar a desesperar, que ela já é crescida para estas confusões]: Rubaçado!
Eu [na galhofa descarada]: Vê lá se a seguir vais dizer "rabo assado"!
Rimos ambas e a seguir lá lhe disse a palavra correta, que é, como toda a gente sabe, ri-buçado! ;-)

Xixi 12 - 7 Varinha

Valeu a pena o otimismo de ontem... Assim, já são sete vitórias seguidas!

Mãos da Varinha.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Parabéns

... ao meu único afilhado, que faz anos hoje. Até logo!

Feitiço herói

O Feitiço estava a mexer em lápis de cor, que estavam em cima de uma mesa. Um lápis rolou e caiu para o chão. O Feitiço não fez nada. Quando outro lápis começou a rolar, o Feitiço impediu-o de cair, enquanto dizia:

- Eu vou-te salvar, lápis-princesa!

Olha a bola de Berlim!

Não sou, nem nunca fui, grande fã de praia. De bolas de Berlim, sim, sou fã q.b.

Quando, na praia, oiço "Olha a bola de Berlim!", sinto uma certa nostalgia, não compro nada, e a coisa passa... até à vez seguinte.

Ontem a passagem da senhora que vende bolas de Berlim acabou por ficar para a história, apesar de ela ter passado como das outras vezes (e de eu mais uma vez não lhe ter comprado nada).

É que a senhora passou e, logo a seguir, muito perto de nós ouviu-se uma imitação quase perfeita: "Olha a bola de Berlim!".

Era o Feitiço. :-)

Xixi 12 - 6 Varinha

Sexto dia em que a Varinha acordou seca... mais ou menos. As cuecas e os calções do pijama cheiravam a xixi, mas a cama não. É, portanto, um resultado aldrabado, mas vou ser otimista e pensar que foi um ligeiro percalço e que continuamos numa onda seca...

Mãos da Varinha...

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Sabes que estás sem empregada #1

... quando antes de lavar os fatos de banho no lavatório da casa de banho tens mesmo de lavar o lavatório.

[Para os mais ausentes, a Nina está de férias.]

Xixi 12 - 5 Varinha

Este post está a ser escrito à noite... antes de saber o resultado da luta entre o xixi e a Varinha. Espero não me ter precipitado no título... Claro que só vou publicar de manhã, se se verificar o que, otimista, estou a prever!

Uma mão cheia de otimismo (à noite)
e de realismo (de manhã, espero)!

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Um Feitiço muito descarado

De vez em quando, o Feitiço dá-me umas palmadas no traseiro e, ao ouvir o barulho que as palmadas causam, põe-se a dizer que eu estou a dar puns! Isto admite-se? [Não, pois não? Mas eu até acho piada... Ups!]

Xixi 12 - 4 Varinha

Posso sorrir, ou ainda é cedo? Quatro dias seguidos... vou sorrir! :-)

Dedos da Varinha...

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Está a dar cabo de mim!

Que o Feitiço, a dormir, faça xixi na cama é uma coisa. Que ele diga que quer fazer xixi na cama e dois minutos depois de lá estar já tenha feito, ainda completamente acordado, apesar de antes ter feito no bacio, é outra... e não foi só hoje. Foi assim ontem e anteontem.

Pergunto: Terão os meus filhos que me "torturar" eternamente com isto dos xixis? Ora agora és tu, ora agora sou eu... Ora agora somos os dois?

Havia VS. Haviam

Por sugestão de uma querida leitora, neste post vou falar sobre a utilização de "havia" e "haviam". Não há muito a dizer. [Nota a posteriori: Não? Já viste bem o tamanho final do post?]

Basicamente, quando quiserem descrever o que havia em determinado contexto, cena, situação, whatever, não se preocupem se era singular (só um ou uma) ou plural (vário(a)s), porque a forma correta é sempre "havia".

Havia uma cegonha no telhado. / Havia várias cegonhas no ninho.

Havia um miúdo no escorrega. / Havia muitos miúdos nos baloiços.

Ah, mas e tal, "haviam" nem sequer existe? Se não existisse, de todo, como palavras com "e" e "i" depois de "ç", eu diria! Não é esse o caso.

O termo "haviam" utiliza-se apenas como verbo auxiliar, em vez de "tinham", mas o uso é pouco comum (pelo menos em Portugal), ou seja, na prática, atualmente (quase) não se utiliza.*

Exemplo: "haviam dito" = "tinham dito"

---------
*Explicação mais completa, retirada do "Guia Prático dos Verbos Portugueses", na sua 6ª edição (antes do AO):

"1. O verbo haver emprega-se em todas as pessoas [nota minha: "eu, tu, ele(a), nós, vós, eles(as)"]:
  • quando é auxiliar (equivalendo a ter) de um verbo pessoal:
a) seja com o particípioMaria havia comprado o livro tão desejado.
Esta construção é mais comum no Brasil. Em Portugal, prefere-se o auxiliar ter.
b) seja com o infinitivo antecedido da preposição de: Havemos de ir ao teatro. Não hão-de [nota minha: "hão de", segundo o novo AO] faltar lugares.
  • quando é verbo principal, com forma reflexiva, significando "ajustar contas", "entender-se": Zangado, o meu pai disse-me que me houvesse com a polícia.
  • [expressão de uso pouco corrente, que não transcrevo]
  • na expressão haver por bem, que significa "considerar conveniente", "resolver": O professor houve por bem mudar o teste. Todos nós havíamos por bem que se fizesse a experiência.

2. Emprega-se como impessoal:
  • quando significa "existir". [Não vou transcrever a explicação desta parte.]
  • quando indica tempo decorrido: muitos anos que não te via."**

**[A propósito desta parte, espreitem, se quiserem e ainda não o fizeram, este post e também este.]

Xixi 12 - 3 Varinha

Será luz que eu vejo ao fundo do túnel? Grande recuperação da Varinha!

Dedos da Varinha... 

domingo, 11 de agosto de 2013

Atencioso!

Feitiço: Vamos fazer um bolo para a Nina comer na casa dela! [A Nina está de férias]

Erros do passado #4

Quando era pequena, aprendi a dizer "Se faz favor", "Com licença" e "Obrigado". Só um bocadinho mais crescida (ainda criança) percebi que havia outra versão para "Obrigado" ("Obrigada", obviamente), mas não sabia quando devia aplicar uma e outra. Ouvia as duas com a mesma frequência!

Lembro-me de me interrogar: "Depende da pessoa a quem estou a agradecer? Ou depende de mim?". Pura e simplesmente não sabia!

Até que um dia, um lindo dia de verão, tinha eu 11, 12 ou 13 anos, numa colónia de férias (não me lembro do ano, mas lembro-me do sítio exato onde se passou a conversa!), uma professora que lá estava tirou-me as dúvidas:

"És tu que estás a agradecer, és tu que estás agradecida, por isso dizes sempre "Obrigada". Não depende da pessoa a quem agradeces."

Por isso, cara leitora, deverás sempre agradecer com "Obrigada" e tu, caro leitor, com "Obrigado"! E a todos responder: "De nada!" ;-)

P.S. - Quando um aluno agradece dizendo "Obrigada", penso sempre "O maior exemplo vem da mãe... De tanto ouvir a versão feminina, é a que lhe sai!" e depois vou ajudando a interiorizar que deve dizer "Obrigado"...

P.S.2 - Dedico este post à Teresa do "Quando for grande quero ser mãe", pois foi ao reler um dos seus comentários que me lembrei de o escrever.

Eu fui!

Ontem inscrevi-me como potencial dadora de medula óssea. Já andava a pensar nisso há muito tempo, mas só ontem concretizei, graças à Festa da Ana.

Imaginava que me iria sentir diferente, mas, afinal, estava na mesma. O futuro marcará a diferença (ou não).

Bolacha da "Sweet and Joy" -
um souvenir saboroso que já se foi!

Trouxe também uma garrafa de Kima de maracujá, que ainda não bebi e se calhar vou oferecer a alguém que a vai apreciar mais do que eu...

Xixi 12 - 2 Varinha

Duas manhãs seguidas sem mudar a cama da Varinha... YAY!

Mais uma obra de "arte" no Paint! :P