segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Estou em casa

... e por cá vou andar nos próximos meses. Já não estava a aguentar o ritmo das andanças e - sobretudo - dos (muito) maus comportamentos de algumas crianças. Querer dar resposta e não conseguir é muito desgastante! Rezo agora para ser rapidamente substituída, para que os efeitos negativos da minha ausência sejam reduzidos ao mínimo, tanto no transtorno para a organização das escolas, como para a aprendizagem das turmas.

P.S. - Hoje fiz um ecocardiograma pré-natal (se não lhe troquei o nome!) e parece que está tudo bem. Ficou marcada uma reavaliação para dia 22 de fevereiro.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Homilias e parênteses

Eu disse cá em casa, na sexta ou no sábado, que tinha algumas coisas pendentes para fazer antes de poder parar de trabalhar e aguardar o nascimento da bebé com mais calma (e muito menos stress do que o que algumas turmas me fazem passar). Na realidade, eu não falei em coisas pendentes, eu simplifiquei e disse "uns pendentes". No fundo, fiz um uso incorreto da língua...

No domingo, a Vassoura e a Varinha pediram-me para as deixar participar num atelier que iria haver numa loja muito perto de nossa casa (onde já participaram em vários e variados ateliers). Para me tentar convencer, a Varinha iniciou o diálogo que agora transcrevo (tão fielmente quanto possível).

Varinha: Se nós formos, tu ficas mais sossegada e podes fazer as tuas homilias...

Eu: Eu não faço homilias, eu não sou padre!!

Varinha: ... Os teus parênteses!

Eu [percebendo, pelo contexto da conversa, a que é que ela se referia]: Acho que queres dizer: "os pendentes"!

Varinha: É isso!

🙂

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Estou viva

... mas com pouca paciência (misturada com falta de tempo) para cá vir (agora foi só um olá por boa educação)!

Tantas ideias e tantos posts perdidos!...

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Alguém me diga, se souber,

... por que razão ainda não estou a dormir (quero dizer, deitada - se estivesse deitada e ainda acordada estaria de certeza com algum problema, pois por norma adormeço nos primeiros três minutos no primeiro minuto após deitar-me).

Depois queixo-me que estou cansada!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

O Feitiço faz anos hoje

Não vou aqui tecer mil e um elogios ao meu único filho rapaz, como se ele fosse um anjo. Espero que não coloquem em causa o meu amor por ele, por não lhe dedicar uma ode neste dia especial. Às vezes sinto-me um bocado ET, quando leio o que algumas amigas (e também amigos) escrevem sobre os filhos no Facebook, em particular nos aniversários dos ditos descendentes.

O Feitiço é muito querido e meigo, por um lado, e muito teimoso e desobediente, por outro. Aliás, a lista dos adjetivos para ambos os lados poderia prolongar-se - quem o conhece melhor sabe bem que sim.

Uma coisa não deixarei de realçar: o carinho que ele manifesta para com a bebé que está dentro de mim, mesmo não sendo o irmão que ele preferia que fosse. Um doce!

P A R A B É N S ! ! !
🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Recomendo a leitura...

... deste texto.

Para mim, foi excelente lê-lo. Toca a fechar o guarda-chuva!

Sonhos #62

Sonhei, numa das noites do fim de semana passado, que me tocavam à campainha e era a Teresa Power. Ela só tinha uma hora e pouco livre [com tudo o que faz, não admira], mas aproveitámo-la bem para conversar. 
Foi tão bom! 😊

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Os nomes e o hábito

Ontem, a propósito da sondagem, o Rogério disse-me:

- Estes nomes para a bebé... são esquisitos! Dizer: "Não sei quê a Magia" não faz sentido!

Eu: Ah, sim, porque dizer "A Vassoura fez isto ou aquilo" faz muito sentido!... Tu é que já estás habituado aos nomes deles no blogue!

Rogério: Mas os nomes deles ao menos são objetos. Bem, Feitiço não é...

Eu: O nome completo dele é "Livro dos Feitiços", na verdade, e é um objeto, mas "Livro" não era tão boa opção como "Feitiço", por isso ficou Feitiço...


******************

Acho que, no que diz respeito a nomes, nós habituamo-nos a tudo! Já tive a minha porção de alunos com nomes estranhos (não me refiro a nomes estrangeiros); ao início, estranha-se, realmente, mas depois os dias passam e dizemos e escrevemos os nomes tantas vezes que eles se "entranham". E quem diz alunos, diz vizinhos ou colegas!

O nome verdadeiro do Feitiço, por exemplo, foi do desagrado de toda a família, menos, talvez, de duas pessoas. Agora (já há muito tempo!), ninguém consegue imaginar que ele tenha outro nome, claro! Desconfio que o mesmo se vai passar com o nome verdadeiro da bebé, se acabar por ficar com o nome que o Rogério decididamente prefere (e que eu não desgosto, aliás, tal como no caso do nome real do Feitiço, foi sugestão minha)...

Parabéns, queridíssima comadre!

A minha amiga mais antiga (e mais muitos outros adjetivos, que omitirei para não tornar este post no mais extenso da história dos posts) faz hoje anos. É a madrinha da Varinha, é a mãe do meu único afilhado, é ... um dos maiores tesouros que Deus colocou na minha vida.

Que Deus te abençoe (te continue a abençoar) por toda a tua vida!

🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂
🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂
🎂 P A R A B É N S ! ! !🎂
🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂
🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂🎂
🎂

domingo, 8 de janeiro de 2017

Indecisos...

... entre dois nomes a dar à criança (na vida real). Na verdade, "indecisos" não é muito correto, pois o Rogério parece bastante determinado na sua preferência. Eu é que estou indecisa entre dois nomes. Gosto muito da sonoridade de um dos nomes, mas, por outro lado, o outro atrai-me pelas associações que lhe faço.

Desculpem, possivelmente este post faria mais sentido se eu referisse os dois nomes, mas isso não vai acontecer...

Para "compensar", e como prometido, criei uma nova sondagem só com nomes de menina para usar aqui no blogue. Votem, votem (mas não se esqueçam que o resultado da sondagem não é vinculativo)!

Votem!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Decidi deitar-me cedo

Boa decisão, não acham?

Mas pelo andar da carruagem não vai ser tão cedo quanto tinha decidido pensado...

Encontrei-os!

Encontrei os testes que tinha perdido

Só não os encontrei mais cedo porque não voltei à escola a que a turma pertence depois de ter dado pela falta deles. Mas o sítio onde os encontrei foi onde pensei que poderiam estar, quando, após o choque inicial e após ter falado com a professora titular, refleti sobre o assunto.

Graças a Deus!

Já está tudo no sítio*

Refiro-me ao que ainda faltava arrumar após as mudanças que fizemos para me criar um "escritório".

Gosto mesmo muito da sala como está, sistematicamente arrumada q.b., ao contrário do que acontecia antes! E o "escritório" também se está a aguentar bastante bem!

*Desde dia 30 (ou 31), acho eu. Ou terá sido no dia 2? Ai! A minha memória já não é o que era (desde há uns tempos, mas vou fingir que é só de agora)!

Como uma mosca...

...à volta da chama de uma vela, à espera de se queimar, assim sou eu com os pecados em que mais caio. Não resisto e - pior - muitas vezes nem tento resistir, simplesmente me deixo ir. É triste! Depois, claro, fico péssima, a sofrer com as consequências das minhas ações. Sim, porque os pecados, mesmo que não tragam castigo, pela misericórdia de Deus que vê o nosso arrependimento (quando ele surge no nosso coração), trazem consequências! 

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Uma blogger de sucesso

... não se preocupa com ninharias! E a ninharia, neste caso, é ter deixado passar o dia 31 de dezembro e o dia 1 de janeiro sem dizer ai nem ui!


🎉 F E L I Z     A N O    N O V O ! ! !  🎉


Que 2017 seja o ano da concretização dos vossos desejos mais santos 
(e que os menos santos vos deixem)!