sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Às vezes não há paciência!

Aluno(a) 1: Professora, ... [expõe uma dúvida legítima, que pode ser apenas sobre o significado de uma palavra]?

Eu: [respondo à questão em voz alta, para todos ouvirem]

Aluno(a) 2: Professora, ... [expõe uma dúvida que seria legítima se não fosse a repetição exata da dúvida exposta pelo(a) colega]?

Eu: O(A) [nome] perguntou isso e eu acabei de responder. Não ouviste?

Aluno(a) 2, descontraidamente, como se não fosse nada com ele(a): Não.

Provavelmente o problema está em mim...

4 comentários:

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!