sábado, 1 de novembro de 2014

O nosso Canto de Oração

Diria que o principal "canto de oração" é o "portátil" que todos temos: o nosso coração, mas um canto de oração físico pode ajudar a ter presente a oração em família, tal como a mesa de jantar ajuda a ter presente a refeição familiar (vários estômagos a dar horas também ajudam a lembrar, claro!).

Desde que vi alguns posts sobre os cantos de oração de algumas Famílias de Caná, fiquei a pensar que também deveríamos ter um, mas não foi fácil concretizar. Um passo importante foi irmos ao Retiro das Famílias de Caná, porque ficámos - eu e o Rogério - a pensar em como poderíamos fazer para ter um Canto de oração.

O Rogério lembrou-se que havia um oratório na casa que era dos avós paternos. Confesso que um oratório não era bem o que eu tinha pensado, porque associava um oratório a pessoas idosas. Preconceito estúpido, certamente. Um oratório convida a orar, tal como o nome indica - então pode convidar pessoas de qualquer idade! Mas não disse que não a essa sugestão, já que não descortinava outra melhor, especialmente em termos de espaço (na verdade, lembrei-me de uma hipótese, mas era radical e não foi aprovada pelo Rogério).

Há duas semanas o pai do Gato trouxe o oratório, para vermos se nos interessava ou não. Decidimos aceitar a oferta, mas não quisemos as imagens que antes lá estavam. Cá em casa já tínhamos com que ocupar o oratório.

Surgiu um problema: onde colocar o oratório. Em cima da cómoda do nosso quarto ficaria altíssimo para as crianças. Decidimos que ficaria na sala, ao lado do piano, mas onde? No chão não era boa ideia!

Na semana passada o pai do Rogério foi novamente o fornecedor da solução: uma mesinha de cabeceira (acho) que (segundo percebi) era precisamente onde estava (ou tinha estado em tempos) o oratório em casa dos avós do Rogério.

Para o oratório não ficar à frente da porta da sala (da porta que normalmente está fechada, já que temos porta dupla), tivemos de empurrar o piano para a esquerda (depois conto noutro post).

Com o oratório (estrutura) no sítio que queríamos, faltava preencher o interior. Tínhamos bastante por onde escolher, mas também algumas limitações: os suportes não são muito grandes e quando nos apoiamos no oratório, ele abana um pouco (não nos põe em perigo, mas poderia pôr em perigo alguma imagem em material frágil, se caísse ao chão - e nós temos em casa um Feitiço, sabem?). Por isso, as escolhas foram as que se podem ver na fotografia:

A Sagrada Família foi feita em JumpingClay.

O oratório tem uma gaveta por baixo onde colocámos os nossos terços.

A mesa tem uma prateleira e uma gaveta. Na prateleira colocámos alguns dos livros para crianças que estão relacionados com histórias da Bíblia ou com a oração. Também lá estão os livros "Os Mistérios da Fé" (volumes 1 e 2 - ainda não temos o nº 3).


O resultado final foi este:


Esteticamente, este conjunto não tem nada a ver com a mobília da sala, mas como está ao lado do piano, que também é escuro, não fica mal. A JumpingClay dá um toque juvenil e um bocadinho de cor ao nosso Canto de Oração, que já foi onde rezámos durante a semana que passou.

20 comentários:

  1. Está lindíssimo, Bruxa Mimi!!! Lindo mesmo!!! Vou mostrar aos meninos cá em casa, para eles ficarem a conhecer mais um belo Canto de Oração!!! Bjs Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Teresa! Todos gostámos do resultado, cá em casa.

      No entanto, depois de ver os cantos de oração tão coloridos e participados pelas crianças/jovens, fiquei a pensar em maneiras de alegrar o nosso canto de oração e de o fazer "evoluir" ao longo do ano litúrgico.

      Eliminar
    2. Sim, o Canto de Oração não pode ser estático, senão perde a vida e morre! Tem de ser dinâmico, fluir com o ano litúrgico, mas isso é o caminho a fazer! O ponto de partida está lançado! E vocês são muito criativos, não vão faltar ideias... Ab Teresa

      Eliminar
    3. Espero que não faltem mesmo! :-)

      Eliminar
  2. Bem confesso que já não vinha cá há uns dias e olhem só! Tantas novidades!!!
    O canto de oração aqui de casa foi importante porque nos uniu a rezar ao mesmo tempo! O vosso ficou mesmo muito bonito!
    bj grandes
    Olívia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas tuas palavras, Olívia! O vosso canto de oração também está muito bonito e, sobretudo, tem muita participação das vossas filhas. Ao nosso ainda falta isso!
      Bjs

      Eliminar
    2. Bem, isso resolve-se... o 1º trabalho fizemos em conjunto depois elas perceberam a dinâmica e sempre que podem fazem os seus trabalhos, como fazemos umas catequeses familiares ao sábado à tarde (com os livros da Teresa) temos sempre material artístico no canto de oração!
      :)

      Eliminar
    3. Não percebi a última parte: tens material para fazer arte (isto é, para fazer desenhos, pinturas, etc.) ou tens produtos artísticos, resultado do que elas vão fazendo?

      A minha ideia é - mas tenho de ver se o Rogério concorda - pendurar com "bostik" ou com fita-cola alguns desenhos relacionados com Jesus (por exemplo), na lateral do Canto de Oração, para estar mais participado pelas crianças. E quero muito que o Canto de Oração vá dando sinais do passar do tempo (litúrgico). Depois irei contando os nossos avanços (e recuos) nestas andanças. :-)

      Eliminar
    4. No canto de oração temos os trabalhos artísticos já concluídos, que normalmente são feitos na mesa da cozinha pois é onde temos mais espaço... mais ou menos em conjunto, outros são criações espontâneas feitas ao longo do dia, nos passeios (enquanto vamos no carro)... basta começar!
      ;) Aguardamos então os vossos "avanços"

      Eliminar
    5. Quando houver destes avanços e tempo para os mostrar... eu mostro! :-)

      Eliminar
  3. Está muito bonito. Nós oramos os quatro, deitados na cama delas, que é da casal, com uma sagráda família que mandei fazer a uma artesã e que vai para a cama connosco. Elas são tão meiguinhas a falar com a Maria o José e o Jesus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-) A proximidade com a Sagrada Família é tão boa que é mesmo algo a não perder!

      Eliminar
  4. Nós cá em casa também fomos buscar um móvel à antiga casa dos avós (que já estão velhinhos, e moram em casa dos meus pais), a minha avó adorou a ideia e nós gostámos do móvel e do significado...

    ResponderEliminar
  5. Parabéns, ficou lindo! Nós entretanto já arranjamos um também, mas provavelmente ainda irá mudar de sítio. É incrível como foi tão fácil arranjar um canto de oração nas casas anteriores, que eram bem mais pequenas, e nesta demorámos tanto. .. acho que o espaço de coração é que tem andado mais pequeno. Bjs, AMLL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Normalmente as causas das coisas externas estão dentro de nós, não é? Mas também não conseguimos isolar-nos das circunstâncias e, se pensares nisso, vês claramente que as circunstâncias da tua vida nos últimos tempos (largos) não foram as mais fáceis de conjugar! Para mim teria sido mesmo impossível! Bjs

      Eliminar
  6. Que lindo canto de oração!! :)
    Realmente, desde que queiramos a sério e que peçamos a Deus, Ele ajuda-nos em todos os aspectos da nossa caminhada. Ao início parece impossível ter um canto de oração. Mas depois as soluções aparecem, às vezes, quase que caídas do céu! ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto, primeiro pensei que não iríamos conseguir assim tão depressa, mas depois... :-)

      Eliminar
  7. Que lindo canto de oração! Que boa notícia! Continuem a caminhar assim com esforço e alegria. Deus reserva muitas alegrias e surpresas para vós! Que Deus vos abençoe e ilumine sempre. Bj Rute

    ResponderEliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!