segunda-feira, 28 de julho de 2014

A falsa "doutora" e como limpar panelas queimadas

Resultados de exame médico: "... encontrou-se vários x, compatíveis com doença y."
Internet, pesquisar "doença y": "... origem genética; ... aumenta as probabilidades de contrair a doença z...". Paciente com uma perspetiva não muito otimista: "Todos temos a nossa hora..."

Consulta para discutir resultados com médica: "... não se sabe a causa, pode ter a origem numa combinação de fatores, entre os quais genéticos"; "aumenta as probabilidades de contrair a doença z, se houver alteração no sítio tal, o que não se verifica no seu caso".

[Diálogo pós-consulta]
Paciente: Bem, a médica pintou um cenário menos assustador...
Eu: ... do que a Drª. Wikipedia?
Paciente: Sim!

Eu não sei se isto se passa convosco, mas há muita gente (eu incluída) que tem a mania de procurar informação sobre assuntos sérios na Internet, obtendo muitas vezes (para não dizer sempre) informações pouco fiáveis sobre esses mesmos assuntos. E quando se trata de saúde, quase sempre ficamos alarmados com o que encontramos, para depois, quando esclarecidos, percebermos que pouca verdade havia na informação que encontrámos e que nos assustámos em vão.

A Internet é excelente para muitas coisas, inclusive para pesquisas, mas se calhar é melhor ficarmo-nos pelo lado prático da vida. Por exemplo:


*Ainda não experimentei, mas pelos comentários deve funcionar! :-)

4 comentários:

  1. O caso é que apesar de sabermos disso, não resistimos a pesquisar sobre problemas de saúde...

    ResponderEliminar
  2. O Dr Google é como uma biblioteca. Há os livros geniais, os bons, os divertidos... e os outros.

    Pesquisar é um bom hábito, é preciso é saber separar o trigo do joio. E, apesar de tudo, isso é capaz de ser mais fácil nos resultados do Google do que ao escolher um médico. Porque há muitos, mas mesmo muitos, que são tão competentes e actualizados como o Prof. Karamba.

    ResponderEliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!