quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Sabes que estás sem empregada #3

... quando passas duas horas seguidas a preparar comida.

[Infelizmente, duas horas nesta atividade não se traduz em muita comida, devido à tua (minha) pouca experiência - mesmo com a Bimby.]

Nota: Isto não se passou hoje (just for the record).

10 comentários:

  1. Eu também sou muito básica na cozinha... o cardápio lá de casa é muito repetitivo!
    E a Bimby, recomendas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recomendo.
      Se quiseres o contacto da agente Bimby que me vendeu a minha, para teres uma demonstração (sem compromisso de compra, obviamente), escreve-me para bruxamimi.alheia@gmail.com. Ela é muito dedicada e disponível, não se limita a vender a Bimby para receber a sua comissão. Recomendo a Bimby e recomendo a minha agente! :-)

      Eliminar
  2. Não tenho essa maravilha na cozinha, mas sei que faz autênticos milagres, por experiência indireta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz mesmo! Faz de uma naba como eu uma quase cozinheira! ;-)

      Eliminar
  3. Eu tenho várias pessoas conhecidas que são fãs, mas ainda não consegui dar o passo (nem mesmo a demonstração). Acho muito cara e tenho receio de ao fim de pouco tempo me fartar do brinquedo novo... se não for usada, não rende, né?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é barata, realmente, mas vale a pena. Mesmo eu, que não uso todos os dias, considero que foi um bom investimento. Dificilmente uma pessoa se cansa da Bimby, usando - creio que se torna viciante. De qualquer maneira, não perdes nada com uma demonstração. E o pagamento pode ser em prestações bastante suaves (eu optei por pagar a pronto na altura, mas foi apenas porque tenho aversão a pagar coisas aos poucos).

      Eliminar
  4. Cara Bruxa Mimi, com o email em aberto vais ter que fazer um feitiço contra spam...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alienus, o mail a que te referes é o da bruxamimi, não é? Não estou preocupada. Se for outro, avisa-me!

      Eliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!