segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Túnel comprido

Este. Tão comprido é, que me parece que no inverno ainda o estaremos a atravessar.

Sugestões? Anyone?

Já experimentámos a sugestão que a Matilde aplicou à filha mais velha: em vez de cortar a quantidade de água à noite, aumentou-a, para que a criança sentisse a bexiga tão cheia que a vontade de ir à casa de banho se tornasse evidente. Funcionou e não demorou muito tempo. No caso do Feitiço, serviu para ele dormir numa "piscina" maior.

Atualmente, já perdi a vergonha e arranjei uma espécie de suborno gigantesco. Em teoria, funciona - o Feitiço quer muito acordar seco para receber o que está combinado -, mas, na prática, o resultado tem sido o mesmo. 

Há sempre a hipótese de deixar a coisa andar, dando tempo ao tempo. Como eu costumo dizer, não há de casar e ainda fazer xixi na cama... Só que, se no verão a coisa é chata, mas se resolve facilmente, no inverno complica-se... 

2 comentários:

  1. Olá Mimi!

    Primeiro quero dizer-lhe que apesar de não comentar os seus post's gosto muito de os ler e divirto-me muito com o seu sentido de humor.

    Agora escrevendo sobre este seu post, permita-me dar uma sugestão. Não sei se já experimentou.
    Imagine que o Feitiço se deita para dormir às 22h, se a Mimi antes de se deitar (por exemplo meia-noite) o colocar a fazer xixi ele já está molhado?
    A sugestão é colocá-lo a fazer xixi à meia-noite, depois às 3h da manhã e por fim às 7h da manhã.

    Da experiência que tenho esta estratégia resulta, todavia é um pouco cansativa para a mamã.
    Utilize todas as estratégias possíveis para que o Feitiço consiga alcançar o seu objectivo, o importante é não desistir e tentar não lhe transmitir essa ansiedade de mãe (eu sei às vezes é difícil!)

    Um grande beijinho e se me lembrar de mais estratégias prometo que as escrevo aqui.

    De mãe para mãe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela parte relativa ao blogue em geral. :-)

      Obrigada também pela sugestão. De facto, já levei o Feitiço a fazer xixi quando me vou deitar. No ano passado (primeiro verão em que tentámos acabar com as fraldas de noite) estava sempre molhado; este ano fiz isso poucas vezes. Li e ouvi (já não sei onde) que era importante não interromper o sono, o que me tem levado a não querer seguir esse caminho. Por outro lado, confesso que acordar tantas vezes durante a noite é uma perspetiva pouco apelativa para a minha sonolenta pessoa! No entanto, se calhar tenho de ponderar os prós e contras, desvalorizando os contras o acordar durante a noite.

      Beijinhos

      Eliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!