domingo, 14 de fevereiro de 2016

Convite para dançar

Ontem o Rogério surpreendeu-me. Pôs um CD a tocar e começou a dar uns passos seguindo umas indicações que recebeu e apontou quando frequentou aulas de dança de salão durante um ano (antes de nos conhecermos). Assim que começou eu não esperei um convite (que certamente surgiria!) e fui dançar com ele. Ora, eu nunca frequentei danças de salão, mas aprendo depressa... arrisco soar presunçosa e afirmo que rapidamente poderei saber dançar comme il faut melhor do que o Gato. É que - e ele é o primeiro a reconhecê-lo - o Rogério não tem jeito para associar a música que ouve aos passos que tem de dar, ao passo que eu saí à Avó Bruxa (e ao Avô Bruxo, apesar de ele não ser fã de dançar) e tenho facilidade nisso.

Não dançámos muito, mas foi engraçado aprender uns passos de várias danças de salão (só sabia valsa): chá-chá-chá, rumba, ... No entanto, eu disse ao Rogério que mais valia dedicarmo-nos a um só tipo de dança do que rodarmos por todos - isto se quisermos melhorar enquanto par dançante.

Combinámos repetir a dose hoje. :-)

2 comentários:

  1. :) dica: encontrarão no youtube várias aulas de cada um desses estilos. Cá em casa eu sou o "pé de chumbo" e o F. o pró (vários anos de danças de salão). Bjs, AMLL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós sabemos :-) e já estivemos a ver em relação à rumba. O problema é quando o que aparece no youtube não corresponde exatamente aos apontamentos do Rogério... ;-)

      Eliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!