quinta-feira, 9 de julho de 2015

A meio da noite

Acordei com o chamamento do Feitiço:

- Mamã, podes vir cá, por favor?

Levantei-me e fui ao quarto dele.

Eu: O que foi, Feitiço?
Feitiço: Não consigo pensar em coisas boas.
Eu: Eu vou à casa de banho fazer xixi e já te venho ajudar.

Fui à casa de banho. Não sei quanto tempo demorei, mas, com o sono, não devo ter sido particularmente rápida.

Voltei ao quarto do Feitiço. Já dormia, com uma respiração lenta e profunda.

Não sabia se havia de ficar triste/chateada por ter acordado, no fundo, "para nada", se havia de ficar contente/aliviada por poder voltar logo para a cama!

2 comentários:

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!