domingo, 21 de dezembro de 2014

Mi blog es tu blog

Ontem passámos a tarde (prolongada até depois das 22 horas) em casa dos pardinhos [Feitiço dixit] da Varinha. Falei deles aqui e prometi falar mais, especialmente da madrinha... e nada (hoje também não será propriamente isso que vou fazer).

Os meus compadres têm três filhos (o A., que é meu afilhado e tem 13 anos, a M., que tem 11 anos e a C., que tem 3 anos). Escusado será dizer que falámos de muitas coisas, entre elas, as gracinhas da C. (basta analisar este blogue para perceber que há uma idade mais propícia às saídas engraçadas). Dizia a mãe que vai ser muito giro para a Vassoura, a Varinha e o Feitiço lerem no blogue as referências às suas gracinhas e que os dela não terão acesso às suas (porque, como todos os pais que já o são há algum tempo sabem, não, nós não nos vamos conseguir lembrar de tudo o que eles disseram e fizeram e de como foram engraçados / espertos / etc.). Então eu ofereci-me para registar o que eles contaram. Se me forem contando mais, mais escreverei. A esta "rubrica" resolvi dar o nome "Mi blog es tu blog". Sem cerimónias.

Há algumas semanas, a mãe esteve uns dias fora do país, em trabalho. Num dos dias, a sala estava muito desarrumada e o pai mandou os três filhos arrumá-la. [Peço desculpa por todos os pontos que acrescentar ou retirar ao conto - não são intencionais!]

Pai: Não é por a mãe não estar cá que isto pode ficar desarrumado!
C.: Pai, agora és tu que mandas?

4 comentários:

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!