quarta-feira, 23 de julho de 2014

Há diminutivos melhores...

Os meus filhos tratam-me, na maioria das vezes, por "mamã". Ocasionalmente, usam a versão inglesa: "mummy". O pior, na minha opinião, é quando acrescentam um carinhoso sufixo português ("-inha") à versão inglesa, o que soa a "maminha".

Ontem, quando eles estavam deitados, a Varinha começou a chamar-me utilizando a última versão que referi, separando bem as sílabas:

Varinha: Maa-mii-nhaa! Maa-mii-nhaa!

A certa altura o irmão resolveu juntar-se à "festa", mas à maneira dele, claro.

Feitiço: Maa-moo-caa! Maa-moo-caa!

...

4 comentários:

  1. Eu chamo mamã à minha mãe. Mas habituri sempre as minhas Ms a chamarem-me mãe. Chamam-me mãe e o meu nome a seguir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também chamo mamã à minha mãe. Não referi no post, mas já aconteceu chamarem-me mãe (contam-se pelos dedos de uma mão as vezes em que isso aconteceu) e tratarem-me pelo meu nome também (muito poucas vezes também). O habitual é mesmo chamarem-me mamã.

      Eliminar
  2. Cá em casa é QUASE igual... mamã, mummy, "maminha"...
    "Mamoca" é que nunca! Muito bom, mesmo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ele foi na onda da irmã: maminha... mamoca! :-)

      Eliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!