segunda-feira, 3 de março de 2014

Às vezes sou mesmo ridícula!

Mas (hoje, pelo menos) não vos vou dizer porquê.

4 comentários:

  1. Então és como as cartas de amor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ocorreu-me que o comentário talvez fosse um pouco esotérico, mas estou apenas a citar um poeta do vosso planeta: http://www.insite.com.br/art/pessoa/ficcoes/acampos/508.php
      ;-)

      Eliminar
    2. Que bela lembrança... nada ridícula! Obrigada! :-)

      Eliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!