quarta-feira, 1 de maio de 2013

"Sapo à beira do rio" e "Sapo à beira do mar"

Nem toda a gente conhece a canção infantil "Sapo à beira do rio", por isso, ei-la:



Mas aqui a boa da Bruxa Mimi arranjou uma nova versão, para cantar ao Feitiço depois da do Vitinho (sim, ele tem direito a duas canções antes de ir para a cama, quando sou eu que o deito - o que acontece quase sempre). Se tivesse coragem (quem sabe não a arranjo daqui a uns tempos!*), gravava e apresentava-vos a minha versão para ouvirem, mas como ainda não cheguei a esse ponto, apresento-vos apenas a letra adulterada.

Sapo, sapo, sapo / à beira do mar / quando o sapo canta / está a ressonar
Quando está com sono / vai para a caminha / e com ele vai / a Dona Sapinha
Ao adormecerem / estão muito contentes / pois não s'esqueceram / de lavar os dentes!

* [afinal arranjei coragem e gravei a canção em audio, o que não consegui foi carregá-la no blogue]

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada... Isto de adulterar letras conforme a situação está-me na massa do sangue!

      Eliminar
  2. É verdade, tal pai, tal filha!...Mas,realmente, está muito gira a adaptação! Tens mesmo jeito!...AP

    ResponderEliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.