quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Como uma mosca...

...à volta da chama de uma vela, à espera de se queimar, assim sou eu com os pecados em que mais caio. Não resisto e - pior - muitas vezes nem tento resistir, simplesmente me deixo ir. É triste! Depois, claro, fico péssima, a sofrer com as consequências das minhas ações. Sim, porque os pecados, mesmo que não tragam castigo, pela misericórdia de Deus que vê o nosso arrependimento (quando ele surge no nosso coração), trazem consequências! 

Sem comentários:

Enviar um comentário

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!