quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

O que arde,

... cura e o que aperta, segura!

Cresci a ouvir a primeira parte ("o que arde cura"), mas só aprendi a segunda parte com o Rogério, que por sua vez a aprendeu com o seu avô paterno.

Lembrei-me disto há bocado, quando pus creme na cara, sobretudo à volta da boca (zona que estava muito ressequida) e fiquei uns bons maus minutos com a cara a arder e muito vermelha.

Entretanto já acalmou.

Quem me mandou sair de casa de manhã sem ter posto o creme? Com o frio e sem proteção a minha pele não aguenta!

2 comentários:

  1. E nós aprendemos a segunda parte com a Avó! Acho que até escrevemos um post sobre isso, mas não me lembro quando.... Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sabedoria dos avós não tem fim e cabe-nos a nós transmiti-la! :-)
      Beijinhos

      Eliminar

- Posso fazer o meu comentário?
- Claro que sim, mas tendo cuidado com a linguagem.
Obrigada!